Pesquisa revela quanto custa ser um gamer no Brasil

A Picodi, empresa que opera um agregador de cupons de desconto, fez uma pesquisa de preços em 23 países para descobrir quanto custa ser um gamer da nova geração. O estudo revela o que qualquer um que pediu um console para o Papai Noel já sabe: jogar no Brasil não é nada barato. Mas acredite, poderia ser muito pior!

Para saber quanto custa ser um gamer a pesquisa considerou o preço dos consoles PlayStation 5 e Xbox Series X em revendedores oficiais, no pacote “padrão” com um controle e sem jogos. Em ambos os casos foram usados os preços da versão mais completa dos consoles, com leitor de discos ópticos.

O cálculo de quanto custa ser um gamer também inclui uma assinatura anual de serviços como o PlayStation Plus e Xbox Live, que além de permitir partidas online também oferecem regularmente games gratuitos. Para conversão dos preços, foi usado o câmbio médio de novembro de 2020.

O Canadá é o país onde os gamers gastam menos para aderir à nova geração: lá um pacote com console mais um ano de assinatura do serviço online correspondente custa R$ 2.930 (PlayStation 5) e R$ 3.020 (Xbox Series X). Já o Brasil ficou no meio do ranking: aqui o mesmo combo sai por R$ 4.850 (PlayStation) e R$ 4.940 (Xbox).

Achou caro? É uma pechincha perto do que pagam nossos vizinhos da Argentina. Sabe quanto custa ser um gamer lá? Entre R$ 7.170 para ter um PS5 mais PSPlus ou R$ 7.390 pelo Xbox Series X e Xbox Live. É o Xbox mais caro do mundo, e o segundo PlayStation 5 mais caro. Só perdem para os Ucranianos, que tem que gastar R$ 7.840.

Vale lembrar que o PlayStation 5 e o Xbox Series X originalmente custariam ainda mais caro no Brasil. O console da Sony foi anunciado a R$ 4.499 na versão Digital Edition (sem leitor de discos) e R$ 4.999 na versão com o leitor.

Já o Xbox Series S e Series X custavam R$ 2.999 e R$ 4.999, respectivamente. Os preços baixaram depois que o presidente Jair Bolsonaro assinou uma medida reduzindo a alíquota do IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) que incide sobre consoles de videogame.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email