27 de junho de 2022

Pesquisa Ifpeam aponta a recuperação do comércio no Dia das Mães 2022

PINT2094 SÃO PAULO 06/05/2011 ECONOMIA COMPRAS Movimento na Rua Oscar Freire para compra de presentes para o dia das Mães FOTO PAULO PINTO/AE

O Dia das Mães 2022 confirmou a recuperação e o crescimento do comércio em Manaus. Pesquisa produzida pelo Instituto Fecomércio de Pesquisas Empresariais do Amazonas (Ifpeam), no período de 12 a 21 de maio, apresentou dados promissores em relação às vendas na sazonalidade, que é a segunda mais importante no calendário comercial.

Os dados publicados no estudo vão ao encontro da intenção de compra dos consumidores, que em levantamento produzido e divulgado pelo Ifpeam, em abril, revelou que 98% dos entrevistados tinham a pretensão de presentear no Dia das Mães deste ano.  

O estudo com um panorama do setor comercial entrevistou comerciantes em diferentes zonas da cidade de Manaus. Os empresários foram ouvidos em relação à variação no quantitativo de vendas se comparadas as de 2021, as principais formas de pagamento utilizadas pelos consumidores, a adesão a promoções na sazonalidade, o nível de estoque e a contratação de temporários. 

Os números apresentados na pesquisa reiteram a força e a resiliência do Comércio às adversidades em um cenário negativo caracterizado pela alta dos combustíveis, dos fretes, das operações portuárias, que repercutem no preço das mercadorias, gerando inflação e a necessidade de aumento da taxa Selic pelo Banco Central.

Destaques da pesquisa 

Variação no quantitativo de vendas em relação a 2021 

81% das empresas pesquisadas tiveram bons resultados no Dia das Mães deste ano, com a percepção de aumento no volume das vendas. 13% dos estabelecimentos relataram que as vendas em 2022 foram iguais às do ano passado e 3% dos entrevistados informaram que as vendas diminuíram.  

Aumento nas vendas 

Do total de empresas que relataram aumento nas vendas, 53% informaram que o crescimento foi de 11% a 20%. Para 35%, o incremento foi de 6% a 10%. Para 9% das empresas, aumento de até 5%. 3% dos entrevistados informaram um acréscimo superior a 20% nas vendas se comparadas ao mesmo período de 2021. 

Diminuição nas vendas 

No levantamento, entre as empresas que relataram queda nas vendas, 67% informaram que a diminuição foi de até 5%. 33% dos comerciantes sentiram variação negativa entre 11% a 20% se comparadas ao Dia das Mães 2021. 

Principais formas de pagamento 

O pagamento com Cartão de Crédito Parcelado foi responsável por 66% das vendas, enquanto a Transferência via Pix (18%) ocupou o segundo lugar entre as preferências dos consumidores. Dinheiro ou débito automático (16%) foi a terceira forma de pagamento mais utilizada.  

Promoção

 92% das empresas entrevistadas aderiram às promoções no Dia das Mães deste ano, enquanto 8% não concederam nenhum diferencial nos preços. Entre as promoções adotadas, os Descontos especiais aparecem em primeiro lugar (43%), seguidos por Ofertas relâmpagos (27%) e Vendas parceladas s/juros (27%).  

Nível de estoque 2021/2022  

76% dos comerciantes informaram que o estoque para o Dia das Mães 2022 estava maior em relação ao de 2021. Para 21%, estava igual e para 3% dos entrevistados, o estoque estava menor. 

Contratação de funcionários temporários 

77% dos informaram que não contrataram funcionários nos últimos 3 meses que antecederam a sazonalidade, enquanto 23% disseram que abriram oportunidades para novos funcionários. Dos entrevistados que realizaram contratações, 82% abriram oportunidades para até 2 funcionários, enquanto 18% contrataram de 3 a 4 funcionários.

Para acessar a íntegra da pesquisa ou saber mais sobre os trabalhos desenvolvidos pelo Instituto Fecomércio de Pesquisas Empresariais do Amazonas visite o site www.fecomercio-am.org.br ou ligue para (92) 3234-5222. Nas próximas semanas, novas sondagens serão divulgadas.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email