Pescadores do Amazonas ganham o primeiro Espaço Cultural da Pesca

O presidente da Federação dos Pescadores e Aquicultores do Amazonas (FETAPEAM), João Vieira da Silva, fará o lançamento da exposição permanente “Centro Cultural Casa do Pescador Amazônico”  no dia 29 de junho, às 08h30, na nova sede da federação que fica localizada na Avenida Joaquim Nabuco,  860, no centro da capital amazonense. O Negão como é mais conhecido, além de presidente da FETAPEAM é também presidente da Colônia de Pescadores do Município de Benjamin Constant (distante 1.121 km de Manaus em linha reta). 

Além do lançamento do primeiro espaço cultural que abrigará toda a história do Pescador  Amazonense composto por salas interativas, exposição de objetos, tipos de pescarias,  painéis, depoimentos de pescadores tradicionais e vídeos da pesca do pirarucu (o gigante dos rios amazônicos),  a FETAPEAM que representa 35 organizações da pesca artesanal do Amazonas entre colônias, sindicatos e associações vai dispor de um hotel de passagem para os pescadores e familiares que tiveram a necessidade de vir a Manaus com estadia máxima de três dias, além do fortalecimento dos direitos da categoria.

A classe de pescadores vai comemorar o lançamento desse espaço cultural que será a maior referência da profissão milenar. Durante o evento será instalada a placa de doação do prédio histórico outorgado pelo governador Wilson Lima para uso durante 25 anos, e incentivado pelo Deputado estadual Sinésio Campos.  A diretoria também lançará o Site oficial da FETAPEAM.

TEM BACALHAU NA CALÇADA DO CENTRO HISTÓRICO

Manaus ganha nesta sexta-feira (25.6) um espaço de tradição que vai valorizar ainda mais o Centro Histórico da capital, o Café Calçada Alta e Botequim.  O local foi inspirado na conhecida lanchonete Doce Sabor inaugurada no final dos anos 80 e que deu início às atividades do bar e Restaurante Calçada Alta, localizado na rua Costa Azevedo e fundado pelo português Antônio Silva e sua esposa D. Clementina.

A proposta traz a essência dos tradicionais botecos dos eixos Rio de Janeiro, São Paulo e Minas Gerais e faz toda a diferença para a clientela.  O pão na chapa do portuga, o caboquinho português e o pastel de bacalhau tamanho GG são algumas das novidades, além das tradicionais comidas e salgados de boteco, como: sanduíche gelado americano, rissoles de camarão e carne, bolo de doce de leite com castanha, bolo tentador, bolo de chocolate com bastante calda. kibes, coxinha de boteco, empadas, salgados de forno, uma carta de sanduíches especiais e petiscos criados exclusivamente para casa e pratos diferenciados para almoço como o brochete de camarão ou o picadinho na ponta da faca com uma apresentação carioca, e haja comida gostosa

O café e botequim é comandado pelo empresário e chef Marcos Silva Calçada Alta e sua esposa Jucy Simões e a inauguração faz parte das programações especiais em comemoração ao aniversário de 32 anos do Calçada Alta.    

Artista parintinense entra para Academia de Artes, Ciências e Letras do Brasil 

A obra Centauro foi executada pelo artista plástico e escultor Manoel Lima, é uma concepção de João Loureiro – Foto: Divulgação

O artista parintinense, Manoel Lima, tem um precioso currículo na produção artística na Associação Cultural Boi Bumbá Caprichoso, Associação Folclórica Boi Bumbá Garantido e atuação no Carnaval do Rio de Janeiro e Carnaval de São Paulo. Foi escolhido como membro para ocupar a cadeira número 728 da Academia de Artes, Ciências e Letras do Brasil (ACILBRAS), 

Manoel agradeceu ao patrono comendador e residente da ACILBRAS e Maestro  Armando Caaraura “São 25 anos de trajetória no mundo artístico que se iniciou no Boi Caprichoso e posteriormente no Boi Garantido, que abriram leque para o carnaval Carioca e Paulistano, hoje atuo como Escultor nas Óperas do Theatro Municipal de São Paulo, vivo da arte como sempre almejei e não poderia deixar de expressar minha imensa gratidão por este reconhecimento”, declarou o artista Manoel Lima.

A Academia de Artes, Ciências e Letras do Brasil (ACILBRAS), foi criada na cidade de Volta Redonda no, estado do Rio de Janeiro em 2014, pelo Maestro Armando Caaraura que é historiador, compositor, instrumentista, instrumentador e escritor. Está em expansão para todo o Brasil. A ACILBRAS e tem a missão a publicar dos trabalhos literários de seus acadêmicos, exposição de artes plásticas. 

Foto/Destaque: Divulgação

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email