Permissionários vão estudar inglês

Setenta e cinco permissionários da Praça de Alimentação Mário Verçosa, no bairro D. Pedro, estão aprendendo noções de Inglês em curso desenvolvido pela Prefeitura de Manaus. O treinamento, que teve início na última segunda-feira (17), segue até 11 de abril. O curso faz parte do programa de capacitação coordenado pela Espi (Escola de Serviço Público Municipal), órgão vinculado à Semad (Secretaria Municipal de Administração Planejamento e Gestão), e pela ManausCult (Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos). As aulas estão sendo realizadas na Igreja Rainha dos Apóstolos, rua Venceslau Brás, nº 41, bairro D. Pedro. Os alunos estão divididos em duas turmas – uma no horário de 14h às 17h e outra das 18h às 21h.
O programa oferece orientações básicas sobre o idioma a trabalhadores de feiras, mercados e praças de alimentação, onde o funcionamento de estabelecimentos comerciais é autorizado pela prefeitura. A proposta é fortalecer as ações de capacitação com foco no atendimento de turistas no período da Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014™ e pós-evento. A praça é considerada um local estratégico durante o mundial, uma vez que está localizada próxima à Arena da Amazônia e será um ponto de encontro de espectadores e visitantes.
A diretora geral da Espi, Luiza Bessa Rebelo, destaca que a iniciativa, intitulada de Programa de Capacitação de Permissionários dos Mercados e Feiras de Manaus – Copa 2014, teve início no ano passado e já permitiu a capacitação de 168 permissionários das feiras do Parque 10, Alvorada e Mercado Municipal Adolpho Lisboa. A diretora ressalta que, na área de capacitação, a proposta da prefeitura é transformar a oportunidade da Copa do Mundo em um legado de conhecimento. “O evento esportivo chegará ao fim, mas as orientações que os profissionais dessa área receberão neste curso representam a construção de conhecimento que irá permanecer e será importante, também, para o desenvolvimento do turismo na região”, disse.
Neste ano, além da capacitação dos permissionários da Praça de Alimentação do D. Pedro, os ex-alunos do programa passarão por curso de atualização. Até o fim do mês de maio, a prefeitura lançará, ainda, o livreto de bolso do programa, que será outra ferramenta importante para facilitar o contato dos trabalhadores com os turistas. A publicação será distribuída gratuitamente aos permissionários e também a servidores municipais participantes do Programa de Capacitação em Idiomas Manaus Copa 2014.
A abertura do curso, nesta segunda-feira, foi marcada pela palestra ‘Qualidade no Atendimento ao Público’, ministrada pela gerente de Atendimento da Espi, Priscilla Almeida. A gerente destacou, na apresentação, a necessidade de adoção de políticas de qualidade na área do atendimento ao cliente, no âmbito das micros e pequenas empresas locais. “Uma das medidas importantes, nesse aspecto, é que o perfil do empresário e do atendente deve contemplar, por exemplo, posturas proativas para compreender e atender as necessidades do cliente”, disse. Na palestra, a gerente deu orientações gerais sobre como melhorar a postura na atenção prestada à clientela.
A permissionária Dulcirene Ribeiro da Silva, 31 anos, é uma das alunas do curso. O fato da Praça de Alimentação do D. Pedro estar localizada nas proximidades da Arena da Amazônia é um motivo animador para ela, que nunca teve contato com o idioma. “Acredito que haverá visitas de turistas na Praça e quero estar preparada para me comunicar com o visitante, se for preciso”, afirma. A participação dela na turma representa, também, um retorno à sala de aula. “Sou formada há mais de 10 anos. É bom, também, ter a oportunidade de aprender algo novo para meu aperfeiçoamento”, ressalta.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email