Lamentável que vários órgãos de comunicação, notadamente os derrotados nas urnas, por má-fé ou por manifesta ideologia comunista, estejam sempre desqualificando o Presidente Bolsonaro, atacando-o diariamente, inclusive a covarde OAB que nos governos dos lulopetista fora silente, omissa e conivente com toda a corrupção endêmica criada pelo maior ladrão dos cofres públicos que o País já tivera, o Sr. LULA, já condenado. E, como se isto não bastasse, vários Ministros do STF, também se prestam para esse desserviço, visando a queda de Bolsonaro para implantarem um comunismo já extinto em vários países, com o apoio de partido comunista chinês, que pelas vias obliquas vem adquirindo participações em várias empresas da mídia e em outras privadas. Todos têm em mente como objetivo final destruir um governo que diariamente aumenta seus seguidores, apesar das pesquisas direcionadas e tendenciosas que pululam sempre para mal.  Bolsonaro não irá se preocupar com as decisões de governadores, até porque transferira valores a todos, mas aguardará os resultados e irá cobrar o débito vencido. Ademais, se a eles fora imputado o dever de impor a quarentena e o isolamento oportunista; a eles caberá também oferecer as soluções nas relações de emprego, no retorno às atividades das indústrias, do comércio e de serviços. Ao argumento de estarem salvando vidas, vê-se que nosso futuro nas mãos desses péssimos governadores atingirá a todos, eis que desejam que o povo fique em suas casas até que todos venhamos a morrer de fome. E, pior, desejam alguns impor “manu militare” um confinamento total, como se o vírus não tivesse tratamento. Assim, como os derrotados nas urnas só prestam um desserviço ao povo, como se a vida estivesse chegando ao fim, onde até a liberdade é vigiada, sob pena de prisão; como se tivessem poderes acima da Constituição Federal.

Esperemos que referidas autoridades não se deixem contaminar pela ignorância ou por uma cegueira coletiva, já que jamais deixarão de lado o ingrediente do populismo; a vontade mórbida de destruir o Presidente e seu governo; valendo-se sempre de uma mídia manipuladora, tendenciosa e nefasta aos interesses e desejos do povo brasileiro, o qual vive num Estado Democrático de Direito, onde os valores morais, de liberdade e de direitos humanos predominam; o que não ocorre no regime  comunista, os quais são totalmente irrelevantes. Para o déspota chinês, vale sua caneta e sua forma de agir, eis que não respeita tratados, nem a propriedade industrial, inexiste liberdade religiosa, sendo o povo submetido à força ao comunismo até porque o Judiciário é um simulação ridícula da subserviência. Se os derrotados nas urnas desejam isto, continuem sonhando, porque Bolsonaro veio para ficar com erros e acertos, já que é um ser mortal.

*José Alfredo Ferreira de Andrade é escritor e ex-Conselheiro Federal da OAB/AM nos Triênios 2001/2003 e 2007/2009 – OAB/AM A-29  

Fonte: Alfredo Andrade

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email