11 de abril de 2021

Percentual financiado pelos bancos sobe para 63%

Para Luiz Antonio França, presidente da entidade, “80% é um número saudável para padrões mundiais após a crise econômica”.

O percentual financiado pelos bancos do valor total do imóvel vem crescendo nos últimos anos no país e atingiu 62,7%, na média, no primeiro semestre deste ano, de acordo com a Abecip (Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança), considerando todos os empréstimos feitos nesse período com recursos da caderneta. O número é superior ao contabilizado em 2010 (62%).
Para Luiz Antonio França, presidente da entidade, “80% é um número saudável para padrões mundiais após a crise econômica”. Esse percentual é o limite nos grandes bancos privados, nível que chega a 90% no Banco do Brasil e na Caixa Econômica Federal.
Além desse teto, o valor financiado pelo banco depende do salário do mutuário, já que é possível comprometer cerca de um terço da renda mensal familiar com as prestações mensais. As operações de crédito imobiliário com recursos da poupança atingiram R$ 37 bilhões no primeiro semestre, registrando o melhor resultado para esse intervalo na série histórica, iniciada em 1967, segundo a Abecip. O valor superou em 55% o montante contabilizado em igual período no ano passado.

Aquisição e construção

Esses empréstimos são direcionados para a aquisição (R$ 19,8 bilhões) e construção (R$ 17,2 bilhões) de imóveis. Em quantidade, foram 236,5 mil unidades financiadas no total, alcançando também um novo patamar, com expansão de 26% no mesmo comparativo -a diferença entre os dois aumentos mostra a elevação no preço do imóvel.
Junho, por sua vez, apresentou o melhor resultado mensal da série em valor (R$ 7,78 bilhões) e em quantidade (46,5 mil imóveis).
A inadimplência continua sob controle. Considerando atrasos superiores a 90 dias, atingiu 1,15% no primeiro semestre, ante 1,20% em 2009 e 2010.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email