Pequenas empresas lideram pedidos

As micro e pequenas empresas brasileiras ainda enfrentam dificuldades impostas pela crise econômica, aponta pesquisa da Serasa Experian. De acordo com os dados, os pedidos de falência em janeiro no país somaram 132, dos quais 68% foram feitos por companhias de pequeno porte. A proporção é a maior desde novembro de 2008.

A Serasa afirma que o crescimento gradual do crédito para pessoa jurídica tem ocasionado um descompasso frente às necessidades de capital das empresas em um ambiente de crescimento econômico, e o requerimento de falência permanece sendo utilizado como pressão de cobrança.

Quanto às falências decretadas, houve 69 decretos em janeiro de 2010 (63 de micro e pequenas, e 6 de médias empresas), número superior aos 61 observados em igual mês do ano anterior.

A pesquisa aponta que as médias empresas exportadoras sofreram com a recessão global, que prejudicou o comércio, e com a valorização do real e o consequente aumento da concorrência no mercado de importação.

As grandes empresas, por sua vez, não tiveram nenhuma falência decretada no primeiro mês do ano. Essas companhias têm mais facilidade para captar recursos no sistema financeiro e, portanto, saíram antes da crise.

Os economistas da Serasa Experian afirmam que as dificuldades das empresas de menor porte devem ser menores nos próximos meses, com um avanço mais acelerado do crédito para os negócios, acompanhado de uma inadimplência mais baixa.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Siga-nos

Notícias Recentes

JC Play

Podcast

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email