Pequenas empresas correm mais risco

Segundo estudo feito pelo Grupo de Prevenção a Perdas do Instituto Provar, cerca de 77% das empresas registram prejuízos com fraude abaixo de R$1 milhão por ano, R$ 2,2 bilhões são furtados por funcionários do comércio a cada ano e R$ 428 é a média de ocorrência de furtos internos. Nos EUA estima-se que o prejuízo causado por roubo nas organizações chegue a US$ 40 bilhões.
Empresas de médio e pequeno porte são as mais prejudicadas por ações de funcionários desonestos, um dos fatos desta facilidade é a pouca rigidez nos processos seletivos e a proximidade entre funcionários e chefia. “É necessário que tenha um distanciamento na relação entre chefe e funcionário, para que a empresa não tenha receio de cobrar uma prestação de contas e colocar o colaborador no patamar de suspeito”, afirma Gutemberg Macedo, presidente da Gutemberg Consultores.
Outro ponto que deve ser avaliado pelas empresas durante o processo de seleção é a ética e conduta dos entrevistados. “Em dinâmicas de grupo bem elaboradas e bem conduzidas é possível fazer esta avaliação a partir de suas atitudes”, explica o consultor.
Segundo informação da ABSO (Associação Brasileira de Segurança Orgânica), cerca de 5% dos funcionários furtariam a empresa se vissem uma oportunidade. Alguns vêem o ato como forma de se vingar do empregador ou superior direto.
Para evitar ser pego de surpresa a empresa deve se respaldar com atitudes simples.
3 Controle – os funcionários devem ser identificados através de crachás ou documento que prove ser colaborador da empresa.
3 Segurança – câmeras de segurança ajudam a identificar os “funcionários espertinhos”.
3 Referência – entrar em contato com antigos empregadores para saber sobre as condutas do antigo funcionário.
3 Questione – não tenha medo de questionar valores, documentos e os motivos de cada serviço utilizado.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email