Páscoa: a passagem da morte para a vida

Esta é uma data de significado ímpar, pois simboliza a expressão Máxima do Amor, do sublime e incomparável AMOR de DEUS para com a humanidade, quando enviou o Seu Filho para morrer em nosso lugar e ressuscitar ao terceiro dia, nos proporcionando experimentar da verdadeira Vida, que só é possível alcançar por meio de JESUS. Neste dia, rememoramos o sacrifício de JESUS CRISTO na cruz do calvário, que foi morto e reviveu para que todo aquele que Nele crer não pereça eternamente, mas tenha a Vida Eterna (Evangelho de João, capítulo 3, Versículo 16). ELE nos deu o Maior Exemplo de Bondade, de Misericórdia, de Liberalidade, de Desprendimento e de Amor ao próximo.

A Páscoa Cristã tem sua origem na celebração pascal hebraica, que por sua vez teve início pouco antes do povo judeu ser libertado da escravidão da qual sofrera por muitos anos no Egito, como vemos na história registrada no Antigo Testamento da Bíblia Sagrada, especificamente no Livro de Êxodo. A palavra páscoa veio da expressão hebraica ‘Pessach’, que quer dizer “passagem”, pois na décima praga enviada ao Egito em virtude do Faraó não querer libertar o povo judeu da escravidão, o anjo da morte passou por todas as casas em uma determinada noite, levando ao falecimento todos os filhos primogênitos (até mesmo dos animais). O anjo da morte passou por todas as moradias da localidade, exceto as do povo hebreu, que seguiu as instruções dadas por DEUS por meio de Moisés.

E segundo as diretrizes que eles deveriam seguir para estarem a salvos era necessário que as famílias oferecessem um cordeiro em perfeito estado como sacrifício a DEUS; deveriam também se abster de comer pães com fermento por aquele período, assim como precisariam passar o sangue do animal morto em determinados cantos das portas das suas residências, como símbolo da proteção divina naquele lar sobre a morte. Desta maneira, quando o juízo da morte passasse pelo Egito naquela ocasião, ele não atingiria as casas marcadas com sangue e não feriria ninguém ali de dentro. Todo este acontecimento tinha uma simbologia específica e futura, que já apontava justamente para a vinda do Messias Salvador, que é a nossa Páscoa, o Cordeiro de DEUS; Perfeito e Imaculado. A morte e a ressurreição de JESUS ocorreram justamente no período da Páscoa Judaica. Somente ELE poderia levar sobre si os pecados da humanidade e salvar a todos aqueles que quisessem. Diante destes fatos, é nítida a percepção de que alguns elementos que foram inseridos até os dias atuais como sendo também “símbolos” pascais nada tem a ver com a Data, como os ‘coelhos’ e ‘ovos de chocolate’; sendo estes oriundos do paganismo e servindo tão somente para fins comerciais, uma vez que não têm qualquer relação com o significado real da Páscoa.

Todavia, o mais importante de tudo é o Fato de que JESUS CRISTO, O FILHO DE DEUS, se materializou na Terra, morreu e ressuscitou para trazer a Salvação a todo aquele que acredita e O reconhece como Único SENHOR E SALVADOR que ELE É; Aquele que derramou o seu Sangue Puro para resgatar uma humanidade que estava perdida desde o momento da desobediência de Adão e Eva no Jardim do Éden (Livro de Gênesis – Bíblia Sagrada). Não há maior Prova de Amor do que a que DEUS demonstrou para com o ser humano, ao enviar Seu Filho Amado para trazer a oportunidade de salvação a todos os que desejarem, mesmo que nenhum homem ou mulher tenha qualquer merecimento. É somente por meio da Graça (favor imerecido concedido a nós). Os Braços do SENHOR estão abertos para todos. Basta dizermos Sim e ELE faz morada em nossas vidas. Não estou aqui falando em religião, mas em salvação, que só podemos obter através de CRISTO. ELE veio para nos proporcionar um relacionamento direito e profundo com DEUS. Nós temos o Manual de Vida e de Prática, que é A Palavra da Verdade, inspirada pelo Espírito Santo, a Bíblia Sagrada; o livro mais vendido do Planeta e que instrui, transforma, liberta e santifica; não por causa de pessoa alguma, mas por causa da Unção do Próprio DEUS. JESUS nos tira da morte, porque ELE é a Própria Vida. Só podemos chegar a DEUS através DELE, que é O Caminho!

Termino este Artigo Especial transcrevendo 2 trechos (versículos) da Bíblia Sagrada que mencionam O SENHOR JESUS CRISTO e o seu Papel Fundamental e Central na Redenção Humana pela Graça Divina. O primeiro trecho está na Segunda Carta aos Coríntios, capítulo 5, versículo 7, que fala: “…Porque Cristo, nossa PÁSCOA, foi sacrificado por nós. ” E o segundo se encontra no Evangelho de João, capítulo 1, versículo 29: “Eis o Cordeiro de DEUS, que tira o pecado do mundo. ”  Desejo uma FELIZ E ABENÇOADA PÁSCOA A TODAS AS FAMÍLIAS! VIVA JESUS, O NOSSO SALVADOR!!!

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Anúncio

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Siga-nos

Notícias Recentes

JC Play

Podcast

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email