17 de agosto de 2022
Prancheta 2@3x (1)

Partidos na reta final para alianças

Prazo para realização das convenções partidárias termina no dia 30

Os partidos políticos têm menos de um mês para fechar as alianças políticas que vão disputar as eleições para o governo do Estado em outubro. Os candidatos a governador do Amazonas aquecem a pré-campanha. Enquanto alguns apostam na continuidade do modelo administrativo, a ‘novidade’ tenta se distanciar da imagem de velhos caciques e busca alianças também inovadoras. Defendendo este modelo antigo, as candidaturas de José Melo (PROS) e Eduardo Braga (PMDB) vêm recebendo o apoio de figuras conhecidas no cenário político amazonense. Melo, que concorre à reeleição, como era esperado, vem de mãos dadas com o Omar Aziz (PSD). Braga teve o apoio de Amazonino Mendes oficializado em evento na semana passada.
Para a campanha de Braga, foram coligados onze partidos (PMDB, PDT, PRTB, PTC, PEN, PPL e PSDC, PT, PC do B, PRB e PTB), que darão ao ex-governador um tempo de oito minutos na TV, o que pode ser refletido em número de votos. O candidato José Melo, além do apoio de Aziz, conta com o cargo e alianças com o PPN, PSL, PSD e mantém diálogos com o PV para um reforço nos planos de reeleição, conta o líder do PROS na Aleam (Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas), Sidney Leite. “Alguns sempre foram declarados e estamos fechando com mais um partido, tudo isso dará um peso maior à campanha”, disse.

‘Novos’ no jogo
Sem o mesmo tempo de propaganda e com poucos partidos coligados, outras candidaturas tentam se manter no páreo. Com 2% das intenções de voto, de acordo com pesquisa do Ibope divulgada em abril, Marco Antônio Chico Preto, candidato pelo PMN (Partido da Mobilização Nacional), aposta na coerência de discurso e de alianças. “Temos o compromisso de algumas legendas para dar andamento à campanha e conversamos com outros mais. Não fechamos alianças por acordos financeiros, todos os envolvidos estão unidos pelas propostas”, fecha o candidato.
À espera das convenções partidárias que definirão alianças, a candidatura de Rebecca Garcia (PP), de acordo com o secretário-geral do partido, Walter Cipelli, mantém conversas constantes com possíveis aliados. “Na próxima semana já teremos estes nomes definidos. O que posso adiantar é que alguns partidos já estão com negociações bastante avançadas para caminhar junto da candidata” ressalta.
Caminhando com a Rede de Solidariedade, o deputado estadual Marcelo Ramos (PSB), diz estar coligado com o povo em sua campanha e não lamenta o pouco tempo que terá na mídia, algo entre 1 minuto e meio ou dois. “Quem precisa de tempo é quem tem que se explicar à população. Se há a necessidade e vontade de mudança, o tempo [de propaganda] não pode segurar”, comenta.
Os demais candidatos e possíveis candidatos não foram contatados pela reportagem.

Convenções partidárias iniciadas
De acordo com a lei das eleições (9.504/97), as legendas têm de 10 a 30 de junho para oficializar os nomes dos candidatos que vão disputar cargos eletivos para presidente e vice-presidente da República; governador e vice-governador; senador e deputado federal, além de deputados estaduais – ou distritais, no caso do Distrito Federal.
A partir do dia 10 de junho, emissoras de rádio e TV, por serem concessões públicas, estão proibidas de transmitir programa apresentado ou que tenha participação de candidato escolhido em convenção. A partir da mesma data, os partidos deverão fixar o limite de gastos da campanha e comunicá-lo à Justiça Eleitoral no período de registro dos candidatos, que vai até 5 de julho.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Anúncio

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Siga-nos

Notícias Recentes

JC Play

Podcast

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email