Parceria com Prefeitura fortalece ações do Janell Doyle

O acolhimento de crianças e adolescentes é a principal bandeira de luta do Lar Batista Janell Doyle. Nascido de um sonho, o prédio onde funciona a entidade foi inaugurado em 1996 com uma criança, em dois meses já eram 30 e atualmente são 200. Ao longo dos anos, muitas conquistas foram obtidas, mas também muitos desafios são enfrentados, continuamente.

Localizado no bairro Mauazinho, zona Sul, o lar ajuda há décadas a transformar a vida dos moradores em situação de vulnerabilidade, porém para que os projetos sejam viabilizados, precisa de ajuda. E foi com esse objetivo de pôr em prática projetos que o Lar Batista Janell Doyle participou do Edital de Fomento do Fundo Manaus Solidária, um dos órgãos de assistência da Prefeitura de Manaus.

Com o fomento adquirido, R$ 190 mil, o lar colocou em prática o projeto "Fábrica de Sonhos", que busca incentivar a inclusão e propor o resgate da cidadania por meio de ações educacionais, recreativas e de geração de renda. O projeto oferece a crianças e adolescentes do Mauazinho oportunidades de aprendizado e conhecimento. Dentre as atividades, realizadas durante o contraturno escolar, o lar oferece oficinas de culinária e informática, aulas de jiu-jitsu, música e inglês.

"Somos uma ponte para que eles tenham acesso a atividades que o bairro normalmente não oferece. O que queremos com o projeto é dar a oportunidade a esses jovens, para que eles possam sonhar com novos horizontes, que passem a pensar em arte, cultura e informação", destacou Magaly Arruda, diretora do Lar Batista Janell Doyle.

Iniciativa

A iniciativa da presidente do Fundo Manaus Solidária, a primeira-dama Elisabeth Valeiko Ribeiro, em estabelecer as parcerias entre a prefeitura e as Organizações da Sociedade Civil (OSCs), por meio de editais de fomento, tem permitido o fortalecimento das iniciativas das organizações e ainda que o trabalho desenvolvido por elas ganhe maior abrangência e beneficie mais pessoas.

“Para mim e para o prefeito Arthur Neto é motivo de muita gratidão e incentivo ver que essa junção de esforços tem permitido que mais e mais pessoas ganhem em oportunidades. Nós acreditamos muito na força que esse trabalho em cadeia pode proporcionar, no bem que pode gerar. Em 2019, o Fundo Manaus Solidária fomentou o lar Janell Doyle com R$ 180 mil e em 2020 com R$ 190 mil. Com esses recursos, muitas vidas foram e estão sendo tocadas. Isso para nós é o mais gratificante”, afirmou.

Os fomentos auxiliam na manutenção do quadro de funcionários, além de viabilizar a compra de materiais e alimentação para o Lar Batista Janell Doyle.

Relevância social

Ecilene Bandeira é mãe de duas crianças que frequentam as atividades do projeto Fábrica de Sonhos. Ela conta que as ações do instituto são de extrema importância na vida de suas filhas Jeniffer e Jeicelene, de 5 e 11 anos de idade, respectivamente. “Eu não tenho condições de pagar um colégio particular, então esse apoio é fundamental para que as minhas filhas possam passar mais tempo aprendendo e menos tempo na rua. Essa ajuda beneficia a nossa família como um todo, porque eles não oferecem apenas a educação, existe todo um acompanhamento que também inclui a alimentação", comentou.

Simone de Moraes, assistente social do Janell Doyle, atua no atendimento direto às famílias em situação de vulnerabilidade, encaminhando as mesmas para as redes socioassistenciais. "Trabalhamos com pessoas de todas as faixas etárias, e me sinto grata em poder fazer parte das vidas dessas famílias. Além de oferecer auxílio, também recebemos denúncias de violações de direitos de crianças e idosos, onde nós viabilizamos os meios para que os casos sejam solucionados, e isso é muito importante", afirmou.

Fonte: Redação

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email