É impressionante como a mídia derrotada nas urnas continua abandonando a verdade sempre na vã tentativa de ilaquear a boa-fé do leitor menos esclarecido; além de não cumprir seu dever constitucional de pesquisar o fato e divulgá-lo, após investigação honesta. Ora, festejar a marca de “500 mil mortos” é próprio dos que se omitem na busca das causas. Todos sabem que quase todos os governadores desviaram os valores recebidos pelo governo federal, sendo os únicos culpados pelas mortes. E, ainda, continuam recebendo vacinas até hoje. Deixar de reconhecer a verdade, inclusive quem foram os adeptos do “FECHA TUDO”, faz parte de uma torpeza que os desempregados nunca esquecerão. Bolsonaro não desviara valores, nem determinara o “FECHA TUDO”; pelo contrário, nunca enviara tanta vacina, notadamente para São Paulo, estando muitos postos com sobra; fato que os “canalhas” não divulgam.

Também não informaram a população de que o Brasil batera recorde, aplicando 2.220.845 vacinas no dia 17 de junho. São hipócritas que omitem o fato divulgado pelo próprio consórcio de veículos de imprensa. Buscam denegrir um Presidente que trabalha: (i) fora recebido em Marabá e Belém nos braços do povo que pedira a prisão do governador; (ii) estivera em Pernambuco onde entregara diversas  obras e investira R$ 186 milhões  em novos projetos; (iii) e, ainda, passara por CABROBÓ onde dissera o que tem feito em todo o Brasil. Sejam mais honestos porque as leviandades na produção de manchetes e de textos infundados não só gera descrédito, mas a intolerância também. Bolsonaro é cristão, autêntico brasileiro e cresce semanalmente; sendo verdadeiro que responde na hora. É dele que o Brasil precisa por 8 anos, quando se afastará de vez o sonho dos comunistas que já podem arrumar as malas para residirem na Venezuela, Cuba, Argentina e outras nações cujos povos se alimentam de carne de cachorro.

Mas na Bahia o povo já acordara com o novo slogan nas ruas: “Fora Rui Costa genocida: 23.008 mortes”. Esse foi um dos que mais desviaram e, juntamente, com outros calhordas tiveram a audácia de requererem perante o STF a dispensa de seu dever de prestar contas; ato inerente a quem recebe valores. E, a “cachaciata” promovida pelos enganados  fora um fracasso: só chamam os mortos de fome… fora o fim da CUT e do MST, de nada adiantando a montagem de fotos. Contudo, os chefões ausentes ficaram tomando whisky;  se esconderam em mansões luxuosas e, hoje, são motivos de chacota. Para esses nada como o capitalismo; enquanto para o povo oferecem a miséria, a fome, o analfabetismo e a auto-destruição da família; como demonstra o venezuelano ministro de finanças de Maduro que fora fazer compras em Miami. Os infelizes que foram às ruas no sábado serviram como massa de manobra, sendo usados como meio de troca por pão e mortadela, até porque nem os sindicatos vão às ruas por não lutarem contra o fechamento de empresas e a consequente perda de empregos.

E, assim, a “cachaciata” fora transformada em chacota devido ao fracasso e às inúmeras cenas de violência e vandalismo onde até nossa bandeira fora queimada, num ato que é repudiado por todos os brasileiros. Querem o poder para roubar e continuar a destruição não só de várias instituições hoje dominadas por um socialismo vergonhoso, onde vários Ministros do STF agem contra os interesses do povo e da Nação; como acaba de fazer a Ministra Rosa Weber ao suspender monocraticamente a convocação dos governadores efetuada pela CPI do circo, num ato de deboche para com todos os brasileiros. E, assim, os governadores genocidas e ladrões dos cofres públicos, face ao volume de dinheiro desviado, deixam de ser investigados, ou seja, não se prestam contas dos valores recebidos.

Esse é o Brasil que os comunistas desejam e não aquele habitado por homens honestos. Por isso, muitos intelectuais já mudaram de lado. E, enquanto a repórter continuar indagando porque Bolsonaro está sem máscara, a mídia derrotada nas urnas será sempre torpe, fútil; merecendo o repúdio de todos nós. Basta de hipocrisia, de falácias, de fotos montadas e de acusações levianas. Tenham mais vergonha na cara e reconheçam o progresso do Brasil em todos os segmentos; parem de mentir e de alterar a verdade dos fatos até porque já atingiram o fundo do poço. Caminham para o cemitério, sem antes passar pela lata do lixo não reciclável. Queremos um País onde os nossos netos tenham futuro com educação, saúde, emprego, liberdade de expressão, direito de ir e vir e isto nunca teremos com os comunistas.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email