16 de abril de 2021

Paraenses criam em Manaus comitê Pró-Estado de Tapajós

Para Sinésio, a importância de se instalar um comitê em Manaus se dá por conta do grande número de paraenses instalados na cidade

O Movimento Pró-Criação do Estado de Tapajós realizou ontem (20), no auditório Beth Azize, da ALE (Assembleia Legislativa do Amazonas), um encontro dos representantes das associações dos paraenses radicados na capital amazonense, com objetivo de instalar o Comitê de Manaus Pró-Estado de Tapajós.
O comitê, já criado nos 27 municípios da região oeste do Estado do Pará, terá a tarefa de divulgar o plebiscito sobre a divisão do Estado do Pará, agendado para o dia 11 de dezembro deste ano, quando os paraenses decidirão sobre a criação dos estados de Tapajós (região Oeste do Estado do Pará) e de Carajás (região Sul e Sudeste do Pará). O coordenador geral do movimento pró-Tapajós, professor doutor Edivaldo Bernardo, disse que com a criação do Tapajós, há a previsão da criação imediata de 100 mil empregos diretos na região e que o Produto Interno Bruto (PIB) passará de R$ 8 bilhões para R$ 12 bilhões em menos de 3 anos. “Os municípios mais pobres do novo Estado passarão a receber maiores investimentos do governo e assim será resgatada uma dívida histórica com o povo do Tapajós”, afirmou.
O deputado Sinésio Campos (PT), principal apoiador do movimento no Amazonas, afirmou que o Amazonas sempre foi “a grande mãe” do oeste do Pará e Belém é a “madastra má”, por conta do histórico contingenciamento de recursos. “Eu entendo que essa reformatação geopolítica vai trazer um peso maior na representatividade política do Norte do Brasil”, explicou. Sinésio também disse que a criação dos novos Estados será excelente para o Amazonas, beneficiado com os investimentos realizados a partir da criação.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email