Quando falamos de PANDEMIA, falamos de um mal que tomou uma proporção descontrolada, deixando de ser uma simples endemia, como já aconteceu tantas vezes a nível mundial. A questão é que as endemias que posteriormente se transformam em pandemias, são causadas pelos desconhecidos, malfeitores e estraga prazeres VIRUS.

Estamos passando por um período de bastante traumas causados por este vírus que apareceu de repente e que abalou o mundo, matando milhares de pessoas e destruindo famílias no mundo inteiro. As relações sociais mudaram e até mesmo as relações diplomáticas estão abaladas por conta de um vírus que nem mesmo se tem a certeza da origem, apesar das teorias apresentadas pelos chineses culpando os morcegos.

Depois de atingir a triste marca de cem mil mortes pelo Covid 19, com o governo totalmente desgovernado a respeito, tanto em termos de políticas públicas quanto na simples forma de se manifestar a respeito, fica cada vez mais difícil aceitar que algo tão simples cause tanto estrago em um mundo tão evoluído. Agora a ciência faz uma corrida desesperada na busca por uma vacina salvadora, onde o conhecimento científico e a luta pelo poder político se confundem.

Nosso país vive hoje uma situação onde o mundo inteiro se volta contra suas políticas públicas e os resultados que a cada dia nos colocam entre os piores no ranking mundial. Internamente temos esta briga completamente fora do normal entre os poderes, executivo, legislativo e judiciário, cada um querendo jogar ao outro as responsabilidades em relação aos resultados. Ao mesmo tempo o Governo Federal e os Estados e Municípios que deveriam trabalhar juntos, se digladiam piorando mais ainda o cenário.

Enquanto isso tudo vai acontecendo, diariamente a mídia anuncia os escândalos dos rombos e roubos atuais e passados dos agentes públicos na área da saúde. Enquanto os brasileiros morriam muitas das vezes por falta de um leito de UTI, funcionários públicos ou gestores se mancomunavam com lobistas e malfeitores para se aproveitar das verbas que poderiam lhes salvar a vida com um simples respirador. Sim, aquele respirador de R$ 5.000,00 que chegou a ser pago por R$ 30.000,00 e nem mesmo chegou a ser entregue aos hospitais. Ou mesmo quando chegaram superfaturados ao destino, estavam “quebrados”, ou descobriram coitadinhos, que não eram adequados para a função.

Esta atitude de ROUBAR do patrimônio público, de USAR A MÁQUINA PUBLICA em favor do próprio bolso, está arraigado como um VERDADEIRO VÍRUS na sociedade brasileira. O VIRUS SOCIAL DA CORRUPÇÃO, que envolve os três poderes e toda a máquina pública burocrática do nosso país, que foi vergonhosamente aparelhada nos últimos governos, deixou esta PANDEMIA SOCIAL. Embora muitos não queiram aceitar, não queiram ver o obvio, este vírus mata e fere tanto quanto o Covid 19, deixando famílias desempregadas, tirando investimentos que deveriam ter sido feitos para a melhoria da vida de nossos cidadãos.

A corrupção é um mal tão degradante, porém tão arraigado em nossa sociedade que fica muito difícil hoje dissociar um político de um ser honesto e quando um funcionário público tenta agir honestamente, acaba sendo taxado de idiota pelos que ganham com o “modus operandi” oficial. E o resultado não poderia ser outro senão o que temos hoje, com as milícias tomando conta da sociedade, impedindo até mesmo as forças policiais de fazerem seu trabalho. As facções criminosas agindo abertamente sem nenhuma vergonha de traficar drogas e armas, demarcando territórios e mostrando seu poder inclusive dentro dos poderes oficiais.

A questão que fica é que para a pandemia patológica, o mundo está buscando uma vacina, a passos largos e investindo neste propósito. No entanto, para esta PANDEMIA SOCIAL DA CORRUPÇÃO, será que existe alguém ou algum grupo decente que busque realmente uma solução? Será que o povo sofreu uma lavagem cerebral tão forte que não consegue buscar um tratamento ou uma atitude para se precaver desta situação? É hora de pensar seriamente nesta situação e nas saídas que podemos ter, SE É QUE TEMOS SAÍDA.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email