PAINÉS DE LED – Jeito novo de anunciar

https://www.jcam.com.br/FotoLuizCAPA_B_220113.jpg
Novidade na arte de anunciar, os painéis de LED já fazem parte do cenário das grandes avenidas de Manaus

Com o objetivo de trazer modernidade e nova opção de publicidade, os painéis de LED já fazem parte das grandes avenidas de Manaus. Pioneira com essa tecnologia, a The Voice trabalha com os famosos telões de 40 metros quadrados desde o ano passado. “Em algumas de minhas viagens pelos Estados Unidos e Europa para conhecer o que tinha de novo em mídias alternativas externas, o que mais me chamou a atenção foram os painéis de LED, presente principalmente na Piccadilly Circus (uma famosa praça de Londres) e na Times Square (em Nova York)”, comentou Durango Duarte, diretor executivo da empresa, que não pensou duas vezes em trazer a novidade para a capital amazonense.
Ele lembra que passou a fazer consultas e enviou o consultor da empresa à China para que visitasse as maiores empresas do segmento. “Comprei o primeiro painel, que está atualmente instalado na rua Salvador, no Adrianópolis”, disse Durango, ao revelar que o investimento no equipamento foi de R$ 300 mil, sem contar com a estrutura e revestimento.
Os outros painéis da The Voice estão localizados na avenida Mário Ypiranga Monteiro, em Adrianópolis, e o outro na avenida Torquato Tapajós, em Flores. Desde a inauguração cerca de 90 empresas já anunciaram nos telões e o resultado foi tão bom que 15 delas se tornaram clientes fiéis, realizando contrato de um ano de anúncio.
De acordo com o empresário, era esperado que o retorno da compra viesse em 21 meses, entretanto, o sucesso foi tão grande que em apenas nove meses foi possível pagar o investimento. “A nossa intenção agora é até o mês de abril instalar mais dois painéis na cidade, mas estão sem local definido no momento, poderão ser na avenida Paraíba, Djalma Batista ou Constantino Nery”, adianta Duarte.

Funções
Custando a partir de R$ 1.400, a inserção de dez dias chega a veicular 2 mil vezes o anúncio da empresa e a impactar em média mais de 20 mil veículos por dia. A novidade promete ter duas funções: impactar o consumidor com o serviço ou preço diferenciado, com isso o anunciante consegue aumento de vendas; e outro é a identificação ou fortalecimento de marca, para que o público conheça a empresa. “Este último não traz retorno imediato, entretanto é ideal para quem deseja se fixar no mercado”, ressaltou o consultor da The Voice, Klinger Souto.
Ele lembra que no início havia uma certa relutância por ser uma novidade, e as agências de publicidade precisavam se adequar à mídia. “A propaganda para o painel de LED é 10 segundos, que é o tempo considerável para uma pessoa que está dirigindo conseguir prestar atenção para ler, sem que isso interfira na direção na via em movimento”, assegura Klinger, ao declarar que a empresa já chegou a atender casos até curiosos, como anúncios de declarações de amor, pedido de casamento e até mesmo de reconciliação.

Tecnologia

Segundo o consultor da The Voice, Klinger Souto, a tecnologia dos painéis foi criada para suportar o característico clima de Manaus. “Boa parte da manutenção é feita aqui mesmo, temos uma equipe treinada em prevenção e correção de algum problema que possa acontecer, inclusive por conta de alguma instabilidade na energia”, destacou.
Todos os equipamentos possuem gerador para garantir ao cliente que mesmo sem luz a mídia dele não vai ser interrompida. “Além disso, todos eles são monitorados, e o cliente sabe exatamente quantas vezes por dia o anuncio foi veiculado e em caso de manutenção compensamos com o número maior de exibição”, frisou Souto.
Ele conta que o controle de monitoramento dos painéis são tão efetivos que em caso de problema no equipamento é possível desligar e ligar, sem a necessidade de ir até o local”.

Novidades

Souto destaca que paralelo aos painéis, a empresa trouxe também as plataformas LED em caminhões, que possui um grande diferencial por ser móvel, oferecendo a possibilidade de ser alugado para compor seu evento ou divulgando mídia em qualquer ponto de Manaus ou até fora dele, dependendo do evento que esteja precisando deste veículo de mídia digital.
Os três caminhões da empresa ficam localizados no Dom Pedro, na Darcy Vargas, e a ideia de Durango é aumentar esse número para sete. O empresário conta ainda ao Jornal do Commercio, que duas empresas nacionais já demonstraram interesse em firmar parceria para transformar a The Voice em uma produtora de painel de LED para caminhão. “Eles ficarão impressionados com a novidade e querem saber se eu fabricaria para vender”, disse.
Duarte, que atualmente está analisando a proposta, vê com bons olhos a possibilidade de levar a inovação criada em Manaus para o restante do país. “Nenhum outro lugar tem essa tecnologia com essa definição, somos pioneiros no mercado brasileiro, há outros parecidos, mas não com a mesma qualidade e tamanho”, apontou.
A partir do meio do ano, o executivo planeja trazer a Manaus outras novidades, com o foco na Copa do Mundo de 2014, uma cortina de LED de 50 metros quadrados, onde os torcedores poderão acompanhar os jogos ou até mesmo exibir eventos como o do boi-bumbá de Parintins.

Mercado

Durango diz acreditar que vai acontecer uma pulverização de muitos formatos de painéis de LED, entretando alguns não irão sobreviver por cobrarem o mesmo preço que as empresas de telões maiores, e isso não é interessante para o anunciante que busca visibilidade. “A tendência é crescer o mercado, mas nem todos sobreviverão, o é que normal em qualquer negócio”, avalia o empresário, que diz acreditar que quem tiver a tecnologia mais recente também será um fator decisivo.
Quanto aos comuns outdoors, ele prevê que caso não sofram mudanças estéticas, em dez anos grande parte dos anunciantes migrará para as mídias digitais. “Isso vai acontecer porque outdoor é um bom produto, mas ele é politicamente incorreto, porque suja, é de papel e a estrutura vai apodrecendo”, alega o diretor, ao indicar que é necessário que os empresários do setor avancem e busquem melhorar o acabamento estético do outdoor. Ele cita que algumas cidades do país já trabalham com o produto em lona, por ser mais durável e não sujarem a rua.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email