8 de maio de 2021

Pagamentos a servidores incrementa R$ 300 milhões à economia

Cerca de 25 mil servidores efetivos, temporários e comissionados que atuam na área da saúde devem receber uma bonificação como forma de reconhecimento pelo trabalho exercido frente à pandemia dos servidores. O pagamento foi anunciado pelo governador Wilson Lima (PSC), nesta segunda-feira (12). Com isso, o “abono saúde” aos trabalhadores deve injetar R$ 30 milhões na economia.

O governador destacou sobre o papel desses profissionais, sobretudo  no momento em que o estado faz uma reformulação em toda a rede de assistência tanto na capital quanto no interior. “O incremento é um aquecimento para a economia, principalmente nesse momento em que  precisamos recuperar as atividades economicas”. 

Governador Wilson Lima anunciou em coletiva pagamentos do Estado
Foto: Lucas Silva/Secom

Outra medida anunciada para fomentar a economia do estado será o pagamento  antecipando a primeira parcela do 13º ao funcionalismo público estadual. Segundo o governo, a quantia será paga entre os dias 20 e 21 de maio, sendo 123 mil servidores incluindo ativos e aposentados. “Mais uma vez estaremos inserindo na economia R$ 270 milhões. Muitas pessoas ficaram prejudicadas, muitas aumentaram suas despesas em razão da pandemia e do muito tempo que ficaram em casa”. 

Ele enfatizou que o pagamento do servidor do mês de maio será efetuado no fim do referido mês e não haverá nenhum comprometimento no salário do trabalhador. “Ele vai receber no dia 28 e 31 de maio. E vai continuar a receber o seu salário em dia. A segunda parcela do décimo já está garantida para o mês de dezembro”, garantiu. 

Para garantir a possibilidade dos pagamentos, o  governador do estado destacou que a iniciativa só foi possível porque hoje o estado se planejou e se programou tomando todas as medidas de contenção de gastos do que não era necessário “modernizamos processos, diminuímos custos para que a gente pudesse garantir esse benefício para o cidadão”.

Ele não descartou possibilidade de ampliar outros auxílios para a população e também reforçou sobre que o governo está trabalhando, principalmente com  ajuda à população atingida pelas cheias dos rios Purus e Juruá “Além dos 12 municípios que já decretaram estado de emergência, o governo estuda levar ajuda para outras calhas de rio”. 

Restrição

O governador aproveitou para anunciar ainda que decidiu fechar bares e restaurantes do  Eldorado, por um período de 15 dias. As medidas de restrição acontecem após o registro de aglomerações no local durante o fim de semana, quando várias pessoas faziam o consumo de bebidas alcoólicas.

Wilson Lima ressaltou que quando foi determinada  a flexibilização dos restaurantes e balneários, era com o objetivo de garantir que os trabalhadores desse segmento pudessem retornar às suas atividades e pudessem garantir o salário e o sustento de suas famílias. Infelizmente, alguns estabelecimentos, alguns empresários continuam aglomerando, desrespeitando o decreto e os protocolos sanitários. 

“Nós estamos inicialmente fechando esses estabelecimentos, no segundo momento além de fechar vamos multar . Em nenhum momento eu sinto satisfação em fazer isso, o nosso objetivo foi sempre orientar, mas chega um momento em que a gente tem que tomar medidas mais enérgicas como essa com o fechamento desses estabelecimentos e que sirva de exemplos para outros que não estão respeitando o decreto”. Ele disse que pretende intensificar as fiscalizações em toda cidade e a medida que for constatado situações parecidas outros locais serão fechados.

Com relação à questão da vacinação dos professores, o governo fez um apelo ao Ministério da Saúde para que houvesse um percentual destinado para imunizar  esses profissionais da área de educação, mas que ainda não teve resposta. “Estamos buscando um meio de começar a vacinar esses profissionais para que a gente possa voltar o mais rápido possível às nossas atividades”.

Foto/Destaque:  Lucas Silva/Secom

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email