Pagamento da primeira parcela do 13º chega em boa hora

O comércio local, que teve o plano de reabertura gradativa na segunda-feira (1), deverá absorver um movimento maior de consumidores nos próximos dias. A previsão é dos representantes do setor, após o anúncio do prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, sobre a antecipação do pagamento da primeira parcela do 13º salário aos servidores municipais no próximo dia 15 de junho.

Para entidades locais, o  recurso chega em boa hora, dado que a economia em geral precisa ganhar fôlego em consequência da pandemia. O pagamento traz um incremento de R$ 83,4 milhões e vai  dinamizar o setor. O benefício tido como um dos aliados para alavancar a economia, é considerado importante neste momento em que o setor retoma as atividades não essenciais do comércio, “principalmente porque se trata de um dinheiro que foi arrecadado e protegido nos bancos e retorna aos funcionários”, diz o presidente da CDL Manaus (Câmara de Dirigentes Lojistas de Manaus), Ralph Assayag.

No entendimento do presidente da entidade,  neste momento, é possível identificar duas situações para o uso do 13º. “Uma fatia de pessoas que utiliza a quantia para saldar as dívidas. E o consumidor que  investe o dinheiro em bens e serviços. “Com a antecipação deste pagamento as pessoas podem ter mais um pouco de ânimo para puder comprar as suas necessidades ou liquidar o que deve. As dívidas abocanham cerca de 30% a 40% do valor, principalmente nesse momento que tem um crescimento de inadimplência e depois passam aos demais gastos, inclusive em bens duráveis”, diz o presidente e acrescenta que quantia inserida na economia é  uma grande influência no estímulo ao consumo  e isso volta também como os impostos que são pagos. 

Ataliba David Antônio Filho, presidente da ACA (Associação Comercial do Amazonas), afirma que o 13º  ajuda a movimentar a atividade comercial. Considerando que o contingente de trabalhadores municipais é significativa, portanto é uma gama potencial de consumidores. 

Além disso, o montante vai ser gasto para regularizar o nome junto ao sistema de proteção ao crédito e consequentemente habilitar essas pessoas ao consumo e parte para consumo direto.

Ariadna Barreto, funcionária municipal de uma escola municipal, confia que a antecipação é uma importante ajuda e de uma forma ou de outra traz um ganho para a economia do Estado “Seja para pagar os compromissos, dívidas atrasadas, ou escolher usar o dinheiro para compras, é uma iniciativa assertiva. Faz a economia girar e naturalmente gera renda e nova demanda por produtos e serviços”, declara. 

Opinião

A economista Bianca Mourão, concorda que será de grande ajuda nesse momento de pandemia porque vai movimentar o comércio. Ela considera ainda que o uso do montante vai depender muito de como estava a saúde financeira dos servidores antes da pandemia. 

“Mas como eles foram os menos afetados (já que receberam integralmente durante o período de isolamento), seria seguro afirmar que parte irá para pagamento de dívidas preexistentes, uma parte será poupada para emergências futuras e outra parte irá para o  consumo (principalmente se o comércio fizer liquidações).”

Ela estima que o pagamento vai trazer um gás tanto para os servidores públicos, quanto para o comércio e prestadores de serviços em Manaus.

Outros pagamentos

De acordo com o texto divulgado no site da prefeitura, em março, aposentados e pensionistas municipais tiveram a primeira parcela do 13º salário antecipada, aproximadamente, R$ 12,6 milhões.

A medida foi tomada para garantir os cuidados necessários aos que estariam no grupo de risco da Covid-19. Em maio, foram pagos outros R$ 23 milhões para as secretarias municipais de Saúde (Semsa), da Mulher, Assistência Social e Cidadania (Semasc), Limpeza Urbana (Semulsp), de Comunicação (Semcom) e Casa Militar.

Em maio, foram pagos outros R$ 23 milhões para as secretarias municipais de Saúde (Semsa), da Mulher, Assistência Social e Cidadania (Semasc), Limpeza Urbana (Semulsp), de Comunicação (Semcom) e Casa Militar.

“Nós já havíamos antecipado o décimo terceiro de algumas secretarias e graças ao bom trabalho de ajuste fiscal, mesmo com a crise que surgiu, temos dinheiro em caixa para pagar pessoal, garantindo seus benefícios sem nenhum atraso, pelo contrário, até antecipando. As demais categorias recebem a primeira parcela do 13° agora dia 15 de junho e o salário do final do mês permanece na mesma data. Sinto-me muito honrado em poder pagar em dia quem trabalha de forma correta durante todo o mês”, disse o prefeito Arthur.

Fonte: Andreia Leite

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email