PAA inicia doação de pescado no interior

A ação iniciou no final de semana com o programa federal Mesa Brasil, que atendeu dezenas de famílias além de beneficiar 75 produtores envolvidos na agricultura familiar e na pesca extrativa

Até dezembro de 2009 instituições filantrópicas, escolas, creches, associações e a unidade prisional do município de Manacapuru – cidade localizada na calha do rio Solimões a 84 quilômetros de Manaus -, vão receber 83 toneladas de peixes populares através do PAA (Programa de Aquisição Alimentar), executado pela Conab (Companhia Nacional de Abastecimento) em parceria com a ADS (Agência de Desenvolvimento Sustentável do Amazonas) e órgãos de apoio. A ação iniciou no final de semana com o programa federal Mesa Brasil, que atendeu dezenas de famílias além de beneficiar 75 produtores envolvidos na agricultura familiar e na pesca extrativa.
Para os cadastrados no programa Mesa Brasil foram doados 20 mil quilos das espécies aracu, sardinha, curimatã e pacu.
Ontem, a entrega continuou com a doação de 11,56 mil quilos para a Associação das Mulheres de Manacapuru, beneficiando 358 famílias, seguida da Associação de Pais e Mestres da escola Duque de Caxias com uma quantidade de 1.495 quilos, atendendo 260 famílias e para a unidade prisional onde o volume de 635 quilos de peixes vai alimentar 94 presidiários. O atendimento as essas instituições será feito mensalmente até o final do ano.
O superintendente substituto e gerente de operação da Conab, Nélio Nascimento explicou que o volume de pescado está substituindo uma parte de produtos do gênero hortifruti cuja entrega não poderá ser feita em função da perda da produção causada pela enchente deste ano. O contrato de R$ 338,5 mil entre a Conab e a Cooperativa Mista Agropecuária de Manacapuru (Coomapem) destinou R$ 100 mil para o pescado já que esse item faz parte do programa de alimentação.
“É uma das ações que tem por objetivo facilitar a comercialização do peixe que é um dos problemas centrais no segmento”, disse o superintendente federal do Ministério da Pesca e Aquicultura no Amazonas, Estevan Ferreira da Costa, lembrando que a ação acontece no momento oportuno, se referindo à campanha nacional para aumentar o consumo de peixe como um alimento saudável e rica fonte nutricional.
Para o gerente da cadeia do Pescado da ADS, Zacarias Gondim, representante da ADS na ação, o PAA (Programa de Aquisição de Alimentos) é uma das alternativas de renda para o agricultor familiar. O programa, criado em 2003, prevê a possibilidade de aquisição de alimentos produzidos por agricultores familiares para atender pessoas beneficiadas por programas sociais do Governo Federal em virtude de insegurança alimentar ou risco nutricional. “Por meio do PAA, os produtos da agricultura familiar também podem ser adquiridos para a formação de estoques estratégicos do próprio governo federal”, explicou.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email