Otimismo sobre as condições de crédito

Quase um terço do empresariado brasileiro, ou 30%, espera que as condições de crédito melhorem no primeiro trimestre de 2012 em relação aos três meses anteriores, segundo a Serasa Experian. O restante acredita que essas condições serão piores (13%) ou, ao menos, iguais ao quarto trimestre de 2010 (57%). No trimestre passado, 25% afirmaram estar otimistas quanto ao crédito, de acordo com a Pesquisa de Expectativa Empresarial, e no primeiro trimestre de 2011 27% previam melhora.
O empresário mais otimista é o do setor de serviços, no qual 32% dos entrevistados acreditam em melhores condições de crédito na comparação com os três meses anteriores. Comércio e indústria estão mais cautelosos, com 26% dos empresários à espera de melhora. Do lado das instituições financeiras, 51% acreditam que a oferta de crédito para as empresas crescerá nos primeiros três meses deste ano ante o quarto trimestre de 2011 e 54% têm a mesma previsão para o crédito ao consumidor.
A pesquisa mostra que aumentou também a expectativa dos empresários para investimentos nos três primeiros meses de 2012. No último trimestre do ano passado, 29% apostavam em compra de equipamentos, obras de ampliação, aquisições e modernização. Neste começo de 2012 esse número aumentou para 33%. Os mais otimistas são os executivos das instituições financeiras – 40% deles têm planos de aumentar investimentos neste trimestre, enquanto em serviços são 34%, no comércio, 31%, e na indústria, 27%.
A intenção de aumentar investimentos no primeiro trimestre é mais forte entre médios empresários (35%), seguidos pelos pequenos (32%) e grandes (28%). Além disso, a região Norte registra a expectativa mais positiva quanto aos investimentos (48%), à frente de Nordeste (36%), Centro-Oeste (32%), Sul (32%) e Sudeste (30%).

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email