Os seis mosqueteiros da CMM

É voz corrente na Câmara Municipal de Manaus que seis vereadores estão concentrando todo o poder da Casa. Eles distribuíram os principais cargos entre si, comandam a pauta e negociam tudo juntos. Para completar, participam de animadas sessões de deboche no gabinete da Presidência, durante as quais o esporte favorito é criticar a mídia e até o prefeito David Almeida. O sexteto é formado pelo presidente da Casa, David Reis (Avante) e pelos colegas Bessa (Solidariedade), Glória Carrate (PL), Diego Afonso (PSL), Professor Fransuá (PV) e Ewerton Assis (PSL). Detalhe: nenhum deles é novato. Justamente por isso, os vereadores de primeiro mandato, que compõem a maioria, começam a ficar incomodados com a atuação deles. Rodrigo Guedes (PSC), por exemplo, coloca na conta do grupo a não colocação do requerimento para criação da Comissão Parlamentar de Inquérito para investigar a concessionária Amazonas Energia em plenário. Há quase dois meses foram apensadas ao documento as assinaturas necessárias e até agora ele dormita na Procuradoria Geral.

DESPREOCUPADO

A frase preferida do presidente David Reis desde que assumiu a Casa é “a mídia não me incomoda”. Ele sequer responde às diversas denúncias de que foi alvo neste período. O pai, Sabá Reis, que é secretário municipal de Limpeza Pública e prepara candidatura para 2022, é quem tem estado mais incomodado com a situação. Nos últimos dias ele telefonou a alguns profissionais de imprensa querendo “conversar”.

RECLAMAÇÃO

Uma comissão de representantes dos servidores efetivos estaduais da Saúde foi recebida pela Mesa Diretora da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam) nesta quinta-feira (8) a pedido do deputado Dermilson Chagas (Podemos). O parlamentar disse que o grupo de manifestantes procurou a Aleam para protestar contra a perda salarial que a categoria vem sofrendo.

MULTA

lago
Foto: Divulgação

Analistas ambientais do Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas realizaram uma fiscalização para averiguar o descarte de resíduos no Lago da Colônia, no bairro Colônia Antônio Aleixo, na zona leste de Manaus, após denúncias feitas por meio de redes sociais. Acabaram multando a indústria Sovel em R$ 330 mil por poluir o local e não tratar os resíduos em solo.

PAVOR

O prefeito de Rio Preto da Eva, Anderson Souza (Progressistas), embarcou na madrugada de ontem com destino não revelado, sob o pretexto de tratar um problema de saúde. A suspeita é que foi informado previamente da operação Ínvio, deflagrada nas primeiras horas da manhã pela Polícia Federal, para apurar denúncias de fraudes em convênio entre a Prefeitura que ele comanda e o Instituto de Colonização e Reforma Agrária, para recuperação de ramais. Várias irregularidades foram constatadas, mas ninguém ainda foi preso.

IMPORTANTE

O presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas, deputado Roberto Cidade (PV), protocolou ontem junto à Mesa Diretora da Casa um Projeto de Lei para permitir que empresas sediadas no Amazonas possam adquirir vacinas para imunizar seus funcionários. Na última terça-feira (6), a Câmara Federal aprovou matéria semelhante.

PERIGO

O deputado estadual Ricardo Nicolau (PSD) advertiu que uma eventual terceira onda de contágio da Covid-19 no Amazonas poderá ser mais grave que as duas anteriores caso o Governo do Amazonas e a Prefeitura de Manaus repitam os mesmos erros cometidos na gestão da pandemia desde o ano passado. Por isso, ele sugere correção de rumos e um plano de prevenção mais robusto.

FISCALIZAÇÃO

Em 100 dias, a Agência Reguladora dos Serviços Públicos Delegados do Município de Manaus realizou 542 ações de fiscalização, mantendo a regularidade de suas atividades, por meio da regulação e da fiscalização junto às empresas concessionárias dos serviços de abastecimento de água, esgotamento sanitário, iluminação pública e de estacionamento rotativo pago.

AVANÇANDO

O Laboratório Central de Saúde Pública, da Fundação de Vigilância em Saúde, atingiu a capacidade para processar duas mil amostras de exames de RT-PCR por dia. O exame, classificado como padrão ouro para detectar novas infecções pelo novo coronavírus, tem o resultado on-line para o paciente em até 48 horas.

FRASES

“O Amazonas viveu e ainda vive o maior desastre de todos os tempos em saúde.” Ricardo Nicolau (PSD), deputado federal

“O Governo (do Amazonas), mesmo com crise, com pandemia, restringindo atividades comerciais, fechando restaurante e fazendo lockdown para vários segmentos, vem tendo superávit na sua arrecadação.” Dermilson Chagas (Podemos), deputado estadual

Foto/Destaque: Divulgação

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email