Com apenas 22 dias de gestão, o prefeito David Almeida (Avante) está enfrentando os próprios fantasmas. Primeiro foram os médicos recém-formados que foram vacinados contra a Covid-19 antes daqueles que estão desde o início na linha de frente do enfrentamento da doença. Agora também se vê às voltas com as nomeações de ex-vereadores, defenestrados nas urnas, para exercer cargos para os quais não têm qualificação. Ontem, em entrevista coletiva, o mandatário voltou a defender a situação dos profissionais, que segundo ele estão trabalhando no reforço da Saúde municipal desde o início da gestão, mas apenas agora foram nomeados. Negou privilégios a empresários e culpou o titular da Manauscult, o também ex-vereador e correligionário Alonso Oliveira, pelas nomeações, que serão desfeitas. Ficam, ainda assim, dúvidas sobre a condução da gestão, que colocaram um fim antecipado na chamada “lua de mel” que tradicionalmente acontece entre um novo governante e a população.

ISENÇÃO

Após proposição do Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Fazenda do Amazonas, o Conselho Nacional de Política Fazendária se reuniu virtualmente nesta quinta-feira (21) e aprovou a retomada do convênio nº 63/20, que isenta a cobrança de ICMS (Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços de Transporte e Comunicação) sobre 101 itens essenciais no combate à pandemia de coronavírus, como por exemplo o oxigênio hospitalar.

PESQUISA

Diante do alto consumo de materiais hospitalares em razão do recrudescimento da Covid-19, a Central de Medicamentos do Amazonas tem realizado uma pesquisa de mercado, no intuito de efetuar a compra emergencial de mais de 16,8 milhões de luvas de procedimento. O preço do item teve um aumento de 190% a 270% durante o período da pandemia.

AUMENTO

Uma caixa com 100 pares de luvas, antes da pandemia, custava aproximadamente R$27. Agora, o preço do material no mercado gira em torno de R$80 a R$100. A aquisição das 16,8 milhões de luvas visa abastecer as unidades de saúde por três meses, de acordo com o coordenador da Cema, Cláudio Nogueira.

IMPORTANTE

aço
Divulgação

A Secretaria de Estado da Saúde receberá a doação de mais 300 mil m³ de oxigênio líquido, da empresa maranhense Aço Verde do Brasil, produtora de aços longos, situada no município de Açailândia. São 15 carretas para transportar o insumo para Manaus, das quais oito já estão na estrada. Segundo informações repassadas pela empresa, a previsão de chegada dos primeiros carregamentos é no próximo domingo (24).

AMEAÇA

tce-am
Divulgação

A Secretaria de Controle Externo do Tribunal de Contas do Amazonas deu entrada em uma representação junto à Corte de Contas concedendo um prazo de mais 24 horas para que o Governo do Estado e a Prefeitura de Manaus apresentem a lista nominal das pessoas que já foram e que serão imunizadas nesta primeira etapa de vacinação contra a Covid-19 no Amazonas, sob pena de ser determinada a exoneração do secretário estadual de Saúde, Marcellus Campêlo, e da secretária municipal de Saúde, Shádia Fraxe.

RECOMENDAÇÃO

O juiz da Vara de Execução de Medidas Socioeducativas da Comarca de Manaus, Luís Cláudio Cabral Chaves, emitiu nesta quinta-feira (21) ofício à secretária de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania Estado do Amazonas, Mirtes Salles, com a recomendação de providências de prevenção, controle e contenção de riscos, danos e agravos à saúde nas unidades de internação e semiliberdade da capital, durante a pandemia causada pela covid-19.

INTERNAÇÃO

A Defensoria Pública do Estado do Amazonas conseguiu, nesta quarta-feira (20), uma decisão com força de mandado judicial para obrigar a Hapvida Assistência Médica a internar um paciente, após a empresa se negar, alegando que o prazo de carência do plano de saúde ainda estava em vigor. O rapaz é dialítico e se encontra com quadro de trombose e inflamação de natureza desconhecida.

RETOMADA

Com a extensão do regime de teletrabalho estabelecido pela Prefeitura de Manaus até o dia 31 de março de 2021, devido a segunda onda da pandemia da Covid-19, o Conselho Municipal de Desenvolvimento Urbano retoma as reuniões semanais nesta quinta-feira, 21/1, por videoconferência. O órgão da Prefeitura de Manaus é colegiado, de caráter técnico, disciplinar, deliberativo e atua junto ao Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb).

FRASES

david

“Tive que parar a vacinação por causa de fake news.” David Almeida (Avante), prefeito de Manaus

“Manauscult não é cabide de emprego”. Manifesto de artistas e produtores culturais depois da nomeação de ex-vereadores para cargos na autarquia

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email