9 de maio de 2021

Os energéticos frutos amazônicos

Que os frutos amazônicos possuem um potencial fitoterápico surpreendente isso não é mais novidade. Juntar três deles, com alto potencial energético, então, pode resultar num produto com elevado poder revigorante. É provar para saber. Depois de produzir molhos de pimenta saborizados com frutos amazônicos; a Buritinha, bebida elaborada a partir do xarope concentrado do buriti; e o Licoal, 15 tipos diferentes de licores numa mistura de diversas frutas, o engenheiro florestal, pesquisador e professor Afonso Rabelo acaba de lançar o Licor Energetic Fruits, bebida alcoólica a base de extratos obtidos dos frutos do açaí (Euterpe precatoria), buriti (Mauritia flexuosa) e camu-camu (Myrciaria dubia) misturados com açúcar, água e cachaça, e teor alcoólico de 20%.

Afonso Rabelo acaba de lançar o Licor Energetic Fruits

“A pesquisa foi dividida em oito experimentos que duraram seis meses. A porcentagem de cada fruto na bebida eu não posso revelar. É segredo industrial”, riu.

Reunindo três frutos sem qualquer aditivo químico, o licor criado por Afonso acaba por ser um energético natural. O açaí possui 262 Kcal por 100 gramas de polpa; o buriti 189,6 Kcal por 100 gramas de polpa; e o camu-camu 314 Kcal por 100 gramas de polpa desidratada.

“Além disso, o açaí, o buriti e o camu-camu são consideradas super frutas e possuem alto valor tecnológico agregado, comercial, nutritivo, funcional e medicinal, pois, são ricas em propriedades antioxidantes e com teores relevantes de ácidos graxos e aminoácidos essenciais, carotenóides, flavonóides, fibras alimentares, vitaminas C, E e Complexo B, e sais minerais contendo principalmente cálcio, ferro, fósforo e potássio”, completou.

Potencial fitoterápico

Fazendo um apanhado do potencial fitoterápico das três frutas, no quesito saúde elas nos ajudam da seguinte forma:

O açaí é rico em flavonóides, com destaque para as antocianinas (cianidina-3-glucosídeo) que possuem propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes. O consumo regular do açaí pode combater os radicais livres do corpo humano, prevenir cânceres, doenças cardiovasculares, entre outras, e ajudar no controle da obesidade, do mau colesterol (Lipoproteína de baixa densidade-LDL) e da diabetes. Pesquisa científica recente da cientista Cláudia Blair e Matos, revela que o açaí-solteiro (Euterpe precatoria) possui 80% mais antioxidantes do que o açaí-do-pará (Euterpe oleracea).

O buriti é rico em β-caroteno, o principal precursor da vitamina-A, e que têm ação antienvelhecimento e filtro protetor da pele e da retina dos olhos. Além disso, possui reconhecido poder antioxidante para a saúde humana, em virtude do efeito protetor contra diversas enfermidades oriundas do ataque de radicais livres, como cânceres da pele, do pulmão, do trato digestivo e doenças coronárias.

O camu-camu é considerado o fruto mais rico em vitamina C do mundo, além disso, possui teores relevantes de carotenóides, polifenóis e flavonóides, os quais possuem propriedades antioxidantes que ajudam na prevenção de doenças e na proteção da pele, dos olhos e no retardamento do envelhecimento precoce. O consumo regular da fruta pode potencializar o fortalecimento do sistema imunológico contra vários tipos de doenças.

“Apesar de a composição do Licor Energetic Fruits conter extratos de açaí, buriti e camu-camu, açúcar e água, há o acréscimo da cachaça para que seja um licor, então, por ser uma bebida alcoólica, o consumo deve feito com equilíbrio e moderação”, avisou.

Portfólio em alta  

Os produtos naturais desenvolvidos por Afonso são produzidos e comercializados pela Tacaburi Frutos da Amazônia, empresa de sua esposa Maria das Dores Batista da Silva.

Começaram com os molhos de pimenta saborizados com frutos amazônicos, textura líquida e coloração de acordo com as polpas dos frutos. Os ingredientes utilizados nos molhos são: polpa concentrada de frutos amazônicos, pimenta murupi, água, ervas amazônicas, azeite extra virgem, espessante goma xantana, sal e vinagre.

Começaram com os molhos de pimenta saborizados com frutos amazônicos

Em seguida, a primeira bebida produzida pela Tacaburi, a Buritinha, um concentrado do buriti, de textura líquida, consistência macia e coloração amarelada. Os extratos naturais de carotenóides presentes no xarope do buriti são responsáveis pela coloração amarelada da Buritinha. As bebidas produzidas a partir do xarope dessa fruta são consideradas nutritivas e energéticas.

Portfólio tem bebidas, molhos de pimenta e xaropes, para aproveitar o potencial de cada fruto

Depois da Buritinha entrou no portfólio da empresa o Licoal, 15 tipos diferentes de licores com misturas de frutos amazônicos com resultados surpreendentes: abacaxi com camu-camu; abacaxi com cupuaçu; açaí com buriti e camu-camu; camu-camu com pitaya; camu-camu com uva-preta; cupuaçu com jambu e pimenta; jenipapo com jambu e pimenta; entre outras misturas.

Depois da Buritinha entrou no portfólio da empresa o Licoal

“Tudo o que é produzido pela Tacaburi é livre de aromatizantes, corantes e conservantes artificiais”, finalizou Afonso.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email