Oposição ataca e governistas acusam Serafim de não pagar

A oposição na CMM (Câmara Municipal de Manaus) voltou à carga contra a administração do prefeito Amazonino Mendes (PTB) na quarta-feira, 29, acusando principalmente a existência de dívidas com fornecedores e prestadores de serviços. Em defesa do prefeito, vereadores governistas acusaram o ex-prefeito Serafim Corrêa de não ter respeitado os contratos que fez e ter deixado de pagar as contas.
O vereador Mário Frota (PDT) denunciou que empresas contratadas pela Secretaria Municipal Educação estão há sete meses sem receber pelos serviços prestados, acarretando atraso do pagamento dos salários de dois mil trabalhadores terceirizados.
Já o vereador Elias Emanuel (PSB) informou que 436 alunos de uma escola na rua Cambixe, bairro São José, zona Leste, estão sem aula porque o pagamento do aluguel, água e luz está atrasado e o prédio foi fechado.
O vereador Joaquim Lucena (PSB) queixou-se porque obras deixadas inacabadas pela administração passada não estão sendo concluídas.
A base aliada reagiu em defesa do prefeito Amazonino Mendes. O vereador Roberto Sabino (PRTB) respondeu que “se a escola apontada por Elias Emanuel está fechada é porque o prefeito anterior não pagou a conta do prédio que ele alugou”.
O vereador Jefferson Anjos (PV) repreendeu a prática da ‘crítica pela crítica’ e sustentou que as empresas que terceirizaram serviços de segurança e conservação para a PMM não foram pagas pela administração anterior e a dívida se elevou para o montante de R$ 20 milhões.
Já o vereador Arlindo Júnior (PMDB) considerou que Amazonino seguramente não tem conhecimento destes fatos. A vereadora Marise Mendes (PTB) disse que algo anormal pode estar acontecendo com os contratos para que não sejam pagos, “porque jamais o prefeito daria orientação que resulte em penalizar a sociedade”.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email