Omar reafirma confiança em Dilma

O governador Omar Aziz afirmou na sexta-feira (14) que mantém a confiança e a esperança de que a PEC (proposta de emenda a Constituição), que prorroga os incentivos fiscais da Zona Franca de Manaus por mais 50 anos, será aprovada neste ano no Congresso Nacional, conforme garantiu a presidente Dilma Rousseff em sua passagem por Manaus.
“Temos a maior aliada que a Zona Franca pode ter”, disse Omar, ao se referir a presidente em seu discurso. Segundo o governador, a prorrogação da ZFM e as restrições da União Europeia em relação ao modelo de tributação fiscal aplicados no Brasil, que incluem os incentivos à Zona Franca, foram os principais assuntos tratados no café da manhã que ele tomou com Dilma, o prefeito de Manaus, Arthur Neto, e o senador e líder do governo no Senado, Eduardo Braga, pela manhã. “Ela mantém o que disse desde o primeiro momento: que tem o compromisso da prorrogação e que sabe da importância. Falamos sobre a questão da União Europeia também, que não está questionando apenas a Zona Franca, mas os outros incentivos, como é o polo de quatro rodas. Mas o Brasil não será rebaixado e nem questionado pela União Europeia por preservar a floresta”, disse o governador.
Ele ressaltou que para preservar a floresta é preciso ter alternativa econômica, que, no caso do Amazonas, é a Zona Franca de Manaus. “A preservação da Zona Franca é de fundamental importância para o povo do Amazonas. Eu confio e espero que isso seja feito o mais rápido possível. Mas não é uma coisa tão simples assim. Tem a questão da Lei de Informática, que querem prorrogar por mais de 50 anos. Acho que isso tem que ser negociado”, disse Omar.
A presidente também anunciou investimentos de R$ 420 milhões para mobilidade urbana na cidade.
Almoço e visita à Arena – Após a inauguração do Residencial Viver Melhor, o governador Omar Aziz ofereceu um almoço a presidente Dilma Rousseff e sua comitiva, no Centro Cultural Palácio Rio Negro, no centro de Manaus. De lá, a comitiva seguiu para uma visita técnica à Arena da Amazônia, onde Dilma arriscou um chute na bola oficial da Copa 2014 e posou para foto com operários da arena. O governador confirmou que a inauguração do Estádio será com um jogo entre Nacional x Rio Negro, em data a ser definida e cujo público será formado por operários que trabalham na construção da arena.
A Arena da Amazônia, palco dos jogos da Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014, chegou aos 97% de conclusão nesta semana, quando foi concluída a instalação das grades de proteção nas arquibancadas e nas rampas de acesso ao pódio. Nesta semana também foram iniciados os testes de iluminação e de sistemas internos do estádio, assim como a limpeza geral da Arena, calçamento do pódio ao redor da obra e acabamento do gramado.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email