Omar entrega CETI e promete mais 36 unidades em 2011

A rede de ensino estadual na capital conta agora com mais um CETI (Centro de Ensino Integral), inaugurado ontem, 3, pelo governador Omar Aziz (PMN). O sistema que já conta com Centros em funcionamento, deve ser ampliado com mais 36 unidades durante o primeiro semestre do ano.
O novo CETI Áurea Pinheiro Braga, que está localizado no bairro Compensa, Zona Oeste de Manaus, contou com investimentos na ordem de R$ 8 milhões e atenderá 962 estudantes nas modalidades de ensino em tempo integral e nível médio. Durante seu discurso, o governador reafirmou que pretende levar os CETI’S para os municípios do interior ainda em seu primeiro ano de mandato.
“Nosso objetivo é disponibilizar educação integral para a população do interior, para isso precisamos rever gastos, e isso é um recado para os meus secretários. Não me venham com conversa de dizer que não dá para reduzir o custo de suas secretarias, temos que nos empenhar para que mais escolas possam ser inauguradas no Estado”, enfatizou ‘puxando a orelha’ de alguns secretários, que ainda não se acostumaram com o sistema de contingenciamento lançado por ele no início de seu mandato.
Na ocasião, Aziz oficializou o início do ano letivo nas 544 escolas da rede pública no Estado, que contempla 530 mil estudantes além de 27 mil professores, segundo os dados da Seduc (Secretaria de Estado de Educação).
Para a dona de casa Maria Aparecida Souza, mãe de uma aluna contemplada com uma vaga no CETI inaugurado, a oportunidade de estudar em um Centro Integrado dará à sua filha a possibilidade de galgar uma vida profissional bem sucedida. “Vejo que ela terá um futuro brilhante, a oportunidade que não tive em minha infância está sendo dada a ela agora. Espero que mais famílias tenham essa oportunidade, que não é um favor, e sim uma obrigação do Estado para com a população de baixa renda, que infelizmente não tem condições de pagar por uma escola particular”, desabafou.

Concurso para professores

As inscrições para o concurso da Seduc começaram no dia 10 de janeiro e foram até ontem, 3, de fevereiro. ‘Até o fechamento desta edição o prazo final não havia sido prorrogado’. As provas serão aplicadas no dia 17 de abril de 2011. O edital prevê o oferecimento de 7.657 vagas para a área de educação, sendo 3.226 vagas para a capital e 4.431 vagas para os 62 municípios do interior.
Os salários vão de R$ 994,51 a R$ 2.349,78. Exceto os cargos de professor e pedagogo, todos os demais são para o regime de 30 horas semanais. A organização do concurso é do Cespe (Centro de Seleção e de Promoção e Eventos), da Universidade de Brasília. O último concurso realizado pelo governo do Amazonas para a área da educação foi em 2003, que ofereceu 5.998 vagas. O Secretário da Seduc, professor Gedeão Amorim, disse que o concurso servirá para o preenchimento de novas vagas funcionais, vagas que surgem a partir do processo de aposentadorias e também dará maior agilidade ao serviço público educacional, uma vez que serão arregimentados profissionais como bibliotecários, pedagogos, nutricionistas e psicólogos.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email