Omar e Braga têm longa conversa

O governador Omar Aziz e o senador Eduardo Braga conversaram longamente domingo, a sós, na casa do primeiro. Ficaram praticamente a manhã inteira isolados e saíram sem dizer nenhuma palavra a quem os esperava na porta. A única coisa que se sabe do encontro é que foi o último do ano. Os dois ficaram de conversar de novo apenas depois do período de recesso parlamentar, em fevereiro. O mais enigmático é que desta vez eles não saíram rindo nem contrariados, o que faz crer em um papo ameno, onde se avaliou o cenário mais do que se concluiu alguma coisa. Braga, que ainda mostra preocupação com o estado de saúde da mãe, dona Dorothéa, deverá ocupar boa parte do recesso parlamentar, que começa na semana que vem, acompanhando de perto o tratamento, em São Paulo. Omar, por sua vez, não dá sinais de que vá se ausentar por muito tempo de Manaus na virada do ano. O único sinal visível a apontar alguma consequência da conversa foi outro encontro ocorrido ontem pela manhã, entre Braga e o presidente regional do PT, Valdemir Santana.

AFROUXOU

Radical e forte até aqui, a Comissão Parlamentar de Inquérito instalada para investigar as causas das constantes queixas contra as operadoras de telefonia adiou ontem para fevereiro a apresentação do relatório final dos trabalhos, depois de uma reunião, ontem, com representantes das empresas. A justificativa para o adiamento –a leitura estava prevista para amanhã –é que vão dar um tempo para que elas façam ajustes que permitam a assinatura de um Termo de Ajustamento de Conduta. E deram prazo de um mês para que isso ocorra. O prometido era não afrouxar com as operadoras, mas ao que tudo indica a promessa ficou no discurso.

ELEIÇÃO

O governador Omar Aziz anunciou ontem que, a partir do ano que vem, o processo de escolha do reitor da Universidade do Estado do Amazonas se dará por meio de eleição direta. Nesta terça e quarta-feira, o Conselho Universitário da instituição se reúne para aprovar o calendário e definir os critérios da primeira eleição direta para reitor da UEA, que acontecerá em 20 de março de 2014.
SEM INFIÉIS

O deputado Francisco Praciano (PT) apresentou outro projeto na Câmara Federal, desta vez mirando os “infiéis” –políticos que mudam de partido sem justificativa plausível. Ele entende que a troca só pode ocorrer em três casos: fusão ou incorporação de legendas; mudança substancial ou reiterado desvio do programa que a sigla registrou na Justiça Eleitoral ou grave discriminação praticada dentro da agremiação partidária. Se aprovado, o dispositivo proíbe a simples saída para uma legenda que está sendo criada.

VIDÃO

Aos poucos o ex-governador e ex-prefeito Amazonino Mendes vai saindo da toca. No último domingo, pela manhã, ele foi visto passeando em um carro conversível, ao lado de um amigo, na avenida Coronel Teixeira (antiga estrada da Ponta Negra). Estava sorridente e acenava para quem o reconhecia.

ESTICOU

O prefeito Arthur Neto anunciou mesmo ontem as mudanças em seu secretariado, inclusive a substituição do vice-prefeito Hissa Abrahão na Secretaria de Infraestrutura –apesar da exoneração não ter sido publicada no “Diário Oficial”. De Recife, onde participa de evento do PPS, o “exonerado” não emitiu nenhuma reação. Apenas acompanhou à distância.

NÚMEROS

A Embratur vai apoiar a divulgação do Festival de Parintins em Portugal, durante a Bolsa de Turismo de Lisboa, um dos maiores eventos do setor na Europa, que ocorre em março de 2014. Tudo a propósito do voo direto que vai unir Manaus e a capital lusitana.

AUTOSSUFICIÊNCIA

A fábrica de calcário que deve ser instalada em Manacapuru deve fazer com que o preço da tonelada do produto recue de R$ 450 para R$ 150. Isso porque a jazida existente no Amazonas já está sendo considerada a terceira maior do mundo, com 400 quilômetros de extensão, atrás apenas de outras existentes na Bielorrússia e no Canadá. Com o avanço da produção deste insumo agrícola no Estado, o Brasil poderá se tornar autossuficiente na produção de fertilizantes e ainda exportar para outros países.

PRA QUE SERVE

Quando estiver em pleno funcionamento, a fábrica terá capacidade para o beneficiamento de aproximadamente 400 toneladas diárias de calcário, insumo essencial para que o produtor rural possa ajustar o pH do solo e viabilizar a produção.

RIGOR

O Manaustrans manda avisar: vai pegar mais pesado na fiscalização. Motoristas que ignorarem as placas de parada ou estacionamento proibido e aqueles que gostam de parar em filas duplas, gerando engarrafamentos, serão multados e não mais apenas notificados.

É NATAL!

Pelo clima que a Assembleia Legislativa viveu ontem, o ano por ali já acabou. Os servidores e visitantes foram recepcionados no hall de entrada pelo Coral da Casa, regido pelo maestro Adroaldo Cauduro. Amanhã a dose se repete, com muita música aludindo ao espírito da época.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email