Omar Aziz pede prudência em votação

O governador Omar Aziz telefonou ontem para alguns vereadores e deputados estaduais pedindo que eles tenham o máximo de prudência na votação das leis que autorizam a formação do consórcio para operar o Programa Águas para Manaus (Proama). Segundo ele, não partiu de seu gabinete o pedido para colocar o selo de urgência nas mensagens. O posicionamento dele coloca a responsabilidade sobre a pressa com que o assunto vem sendo tratado nas duas Casas nas costas do prefeito Arthur Neto. Ao que tudo indica, alguns parlamentares do PMDB, PSB e PT vão trabalhar no sentido de ampliar o máximo possível as discussões em torno do assunto e evitar que os projetos sejam aprovados como foram concebidos pelos técnicos do governo e da prefeitura. Ao que tudo indica, os maiores focos de descontentamento estão na Assembleia Legislativa.

Audiência

A primeira iniciativa de protelação foi do líder do Partido dos Trabalhadores (PT) na Câmara, Waldemir José, que deu entrada ontem no requerimento que solicita à Mesa Diretora a realização de audiência pública com os representantes da prefeitura, do governo e da Manaus Ambiental para debater o conteúdo do projeto de lei que cria o Consórcio Público para administrar o Proama e também o Protocolo de Intenções que deu origem ao projeto. Além disso, ele anunciou que vai propor emenda supressiva retirando a expressão “ou por meio de concessão”.

Dúvidas

Questões sobre o custo real da tarifa e sobre o saneamento básico, por exemplo, precisam ser esclarecidas. Se uma nova empresa vai fornecer água para a Manaus Ambiental, a população vai querer saber se haverá aumento na conta.O prazo para que oProama seja incluído no Plano Municipal de Saneamento Básico é outra dúvida recorrente.

Benchimol

A exposição itinerante Pioneiros & Empreendedores: A Saga do Desenvolvimento no Brasil, será aberta ao público na próxima quarta-feira (5). Idealizada pelo professor Jacques Marcovitch, da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de SãoPaulo (FEAUSP), ela apresenta as histórias de empreendedores responsáveis pela fundação e desenvolvimento de alguns dos principais grupos econômicos brasileiros. Entre eles está o professor universitário e empresário Samuel Benchimol, fundador do grupo Bemol/Fogás.

Lei do bem

No Norte do Brasil, 15 empresas são beneficiadas pela Lei do Bem, entre elas 13 do Amazonas, segundo dados divulgados pelo assessor da Coordenação de Incentivos Fiscais do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), Leonardo Burle Gripp, durante a 8ª Reunião do Fórum de Inovação do Estado do Amazonas, realizado esta semana. Em um universo de quase mil empresas do país beneficiadas com a Lei do Bem, que concede incentivos fiscais às organizações empresariais que investem em pesquisa, desenvolvimento e inovação tecnológica (P,D&I), as 13 empresas localizadas no Amazonas representam quase 90% do valor de incentivos em P,D&I na região Norte.
Fiscalização

A Agência Reguladora dos Serviços Públicos Concedidos do Amazonas vai intensificar a fiscalização do serviço de transporte rodoviário intermunicipal coletivo de passageiros, no período de 29 de maio a 2 de junho, em razão do feriado prolongado de Corpus Christi e da Festa do Cupuaçu, que será realizada no município de Presidente Figueiredo. O objetivo é conscientizar os motoristas e evitar acidentes.

Testes

O Governo do Amazonas vai intensificar o cronograma de testes da estrutura de socorro e segurança de Manaus para a Copa do Mundo de 2014, com a realização de simulados mensais até dezembro deste ano, em diversas áreas. Um primeiro teste ocorreu ontem no Aeroporto Internacional Eduardo Gomes. O simulado representou o atendimento em uma situação de queda de aeronave com passageiros, durante pouso na pista. Os funcionários foram pegos de surpresa.

O melhor

Pesquisa do IBGE, divulgada esta semana, indica que o Partido dos Trabalhadores ainda é considerado o melhor do país para 28% dos entrevistados. O segundo colocado no levantamento, o PMDB, vem muito atrás, com pouco mais de 5%.A maioria dos cerca de 30 partidos registrados no Tribunal Superior Eleitoral não foi sequer citada pelos que responderam ao levantamento.

Crédito

O governador Omar Aziz é um otimista. Ele acha que em até 40 dias serão assinados os primeiros contratos de financiamento com 193 produtores do município de Humaitá, depois da assinatura de protocolo de intenções com o Banco da Amazônia e Banco do Brasil para incrementar o crédito rural em R$ 300 milhões. No município do rio Madeira recursos são destinados à piscicultura.

Estranho

Um ano após receber do Ministério das Relações Exteriores a garantia de que seriam tomadas providências em relação aos constrangimentos de brasileiros na Venezuela, o deputado estadual Marcos Rotta (PMDB) foi surpreendido ontem com uma declaração da própria pasta, que informou não ter conhecimento sobre os abusos, durante Audiência na Câmara de Deputados em Brasília sobre o assunto. O parlamentar enviou um dossiê completo em fevereiro do ano passado ao MRE.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email