Omar anuncia “Cidade Universitária”

Ao abrir os trabalhos da 1ª sessão legislativa da 17ª Legislatura, na manhã de ontem, na Assembleia Legislativa do Amazonas, o governador Omar Aziz (PMN) anunciou o lançamento dos editais para o concurso da Polícia Militar do Amazonas e curso de formação da instituição com 2.473 vagas, além da construção da Cidade Universitária, na margem direita do rio Negro.
Na leitura de sua mensagem anual, de 383 páginas, Omar iniciou falando de sua experiência na Aleam. “Foi aqui, nesta Casa, que iniciei e aprendi muito. Fico feliz de retornar como governador. Nesta Casa fui acolhido em 1995. Aqui ganhei experiência, que foi fundamental para minha carreira”, disse.
Ele fez questão de parabenizar o presidente Ricardo Nicolau (PRP) pela vitória e o ex-presidente, deputado Belarmino Lins (PMDB), que chamou de “companheiro, amigo leal e que fez um grande trabalho à frente da Casa Legislativa. Se estamos aqui, hoje, se deve muito ao empenho do deputado Belarmino em construir uma Casa para acolher não só os deputados, mas a todos aqueles que aqui vem”, garantiu.
Omar disse ainda que quer contar com o apoio de todos os deputados que compõem a 17ª Legislatura, mencionando um a um os 23 deputados presentes — único ausente foi o deputado Arthur Bisneto (PSDB) —, inclusive, os integrantes do bloco de oposição como Luiz Castro (PPS), Ricardo Wedling (PT) e Marcelo Ramos (PSB), a quem chamou de amigo.
Na mensagem, o governador também reafirmou o seu compromisso de governar para todos e disse que as políticas públicas de seu governo estão pautadas na inclusão de todos. Garantiu que vai ampliar os programas de inclusão, como o Jovem Cidadão, que ‘afasta os jovens das drogas e violência’. Ainda na área social, Omar ressaltou a criação da Secretaria Estadual dos Direitos da Pessoa Deficiente, que nasce com a missão de resgatar a dignidade dos portadores de necessidades especiais.
Ao mencionar a solidariedade do povo amazonense, Omar Aziz fez questão de lembrar a chegada da sua família em Manaus, depois de um terremoto no Peru, e a sua educação escolar na rede pública, do ensino fundamental até a universidade. O governador assegurou que vai buscar o ideal de excelência na educação pública, com a ampliação das escolas de tempo integral na capital e do interior, e consolidar a Universidade do Estado do Amazonas, que completa dez anos. Na área de saúde, os destaques foram para a construção de um hospital-pronto socorro na zona Norte de Manaus e um centro de reabilitação para dependentes químicos. Quanto à segurança pública, outra de suas prioridades, Omar garantiu o fortalecimento dos cursos de formação continuada da polícia e ampliação do efetivo. Lembrou que foram convocados mais de mil novos policiais e falou do concurso público, além da implantação do programa Ronda nos Bairros com a finalidade de reduzir a violência, que é um desafio pessoal do governador, como disse. Na mensagem, o governador ressaltou, ainda, os avanços na administração estadual anterior, com destaque para as intervenções no sistema viário, o Prosamim (Programa de Saneamento dos Igarapés de Manaus) e a escolha de Manaus sediar jogos da Copa do Mundo de 2014. Omar não esqueceu do governo federal e destacou o fato de uma mulher — Dilma Rousseff — ser eleita presidenta. Ele acredita que foi eleita em um momento ainda mais propício. “A nossa presidente, desde o primeiro momento, tem reafirmado o compromisso de perseguir a erradicação da miséria e o fortalecimento da família”, disse. O governador garantiu também que vai mobilizar ações articuladas com os órgãos do governo estadual, citando Afeam, ADS, Fapeam e Sepror. E destacou a criação de uma secretaria especialmente dedicada ao aproveitamento racional dos recursos hídricos. Omar Aziz disse, ainda, que manterá uma relação de profundo respeito com a Assembleia Legislativa, o Poder Judiciário, Tribunal de Contas do Estado e Ministério Público. E encerrou seu discurso, agradecendo aos senadores Eduardo Braga e Vanessa Grazziotin e ao vice-governador José Melo, companheiros de chapa na campanha eleitoral da qual saiu-se vencedor, além de sua família, dona Delfina Aziz, sua genitora, os filhos e a esposa Nejmi Aziz pelo apoio e incentivo.
Além dos deputados, a abertura dos trabalhos legislativos na ALE contou com a presença do vice-governador José Melo; do presidente do TJAM (Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM), em exercício, desembargador Domingos Chalub; da procuradora de Justiça, Maria José Silva de Aquino; do secretário e chefe de Gabinete da Prefeitura de Manaus, João Coelho Braga; do presidente da Assembleia de Deus do Amazonas, pastor Jonathas Câmara; do representante do CMA (Comando Militar da Amazônia), general Thaumaturgo Sotero Vaz; do presidente da Câmara Municipal de Manaus, em exercício, vereador Marcel Alexandre; do presidente do Tribunal de Contas do Amazonas, conselheiro Júlio Assis Correa Pinheiro; da superintendente da Suframa, Flávia Grosso, entre outros.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email