O posicionamento deve começar dentro da empresa

Fala-se muito sobre posicionamento, público-alvo, encantar o cliente, mercado-alvo e outras coisas importantes para as relações no comércio. Infelizmente, a maioria ninguém comenta sobre a importância de uma peça importante na engrenagem, fazer parte desse processo: o colaborador.

Posicionamento é “a maneira pela qual o consumidor deve perceber a empresa, produto ou serviço”. E para isso é utilizado uma gama enorme de ferramentas mercadológicas. As empresas investem em publicidade, jingles, ações nos pontos de venda, e muitas outras coisas tais como o treinamento do seu pessoal que, caso não saibam por que estão sendo treinados para aquilo, quais os reais interesses da empresa – algo mais abrangente do que simplesmente vender mais produtos – e o que é posicionamento e, principalmente o porquê da escolha da empresa por determinada estratégia. Afinal de contas ambas as pontas (colaborador e produto/marca) fazem parte da identidade do empreendimento reforçando o seu desenvolvimento junto com a imagem.

Volta e meia há o anúncio de um novo planejamento por parte de determinada empresa. Será que isso significa que essa empresa vai procurar outros clientes? Provavelmente não, simplesmente mudou-se a forma da apresentação da empresa aos seus clientes, entendendo que eles, assim como toda a humanidade, devem ter modificado alguns hábitos, gostos, nuances o que faz importante à empresa que se adéqüe aos novos tempos, a fim de manter a participação atual no mercado, e se possível, aumentar o market share atendendo aos anseios de uma parcela do mercado em quem ainda não haviam reparado. E são essas informações estratégicas que devem chega até os colaboradores, pois eles tem que entender por que a mudança de algumas políticas da empresa, tanto nos procedimentos internos e administrativos, como no atendimento ao mercado.

O motivo é simples: empreendimentos tem no seu cerne ideias, mas empresas são formadas por pessoas e suas atitudes perante o mercado. São essas pessoas que põem em prática as idéias dos empresários entendendo os seus ideais.

Um exemplo disso é o caso do funcionário que não soube explicar por que a empresa passou a oferecer uma determinada marca de produto em detrimento à outra que comercializava anteriormente. Quando questionado o vendedor informou que não sabia dizer o porquê da mudança, pois, em sua opinião, a marca anteriormente comercializada é muito superior à atualmente oferecida na loja. Quando o dono do negócio foi questionado sobre o mesmo assunto, ele informou que simplesmente estava com dificuldade em relação à oferta da empresa anterior que não apresentava soluções logísticas para os seus produtos, fazendo com que os produtos e suas peças de reposição encarecessem demasiadamente a operação, forçando a empresa a repassar os custos extras para o preço ao consumidor. Já a atual marca, apresentava qualidade semelhante com o custo operacional bem mais em conta, aumentando assim a confiabilidade do produto no mercado com o passar do tempo.

Essa era a estratégia de posicionamento da empresa em relação ao seu produto. A ideia é boa, mas do que adianta se não foi repassada aos colaboradores?

Essa é a importância do posicionamento começar antes pelo público interno.

Abraços e até a próxima!

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Siga-nos

Notícias Recentes

JC Play

Podcast

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email