O pós como diferencial competitivo

Tudo o que fazemos devemos pensar no após, no depois, pois assim conseguiremos surpreender as pessoas e melhorar relativamente processos e nossa rentabilidade. Um pós bem elaborado é sinômino de sucesso.

Vivemos em um momento que aproveitar melhor o tempo é uma necessidade. Por isso, os atropelos são constantes e aumentam gradativamente. Falta melhor planejamento em vários momentos de nossas vidas e mesmo na cadeia produtiva. Esquecemos que não podemos apenas despertar o interesse das pessoas negociarem algo, vender e entregar nosso produto. Precisamos ser diferentes, encantar não só as pessoas, mas a nós mesmos. Neste momento devemos desenvolver um processo que estarei defi­nin­do aqui como pós (após, depois).
Tudo que fazemos devemos pensar no após, no depois, pois assim conseguiremos surpreender as pessoas e melhorar relativamente os processos e nossa rentabilidade.
Hoje, até despertamos muito bem as necessidades das pessoas, conseguimos até convencê-las, mas falta a preo­cupação com o pós, pois ele auxilia na manutenção produtiva e até cria novas possibilidades de crescimento e progresso organizacional. Um pós bem elaborado e trabalhado é sinônimo de sucesso e elevado crescimento de rentabilidade. Precisamos despertar sempre o interesse de consumo, todavia, os concorrentes também fazem isso. Saber negociar de modo es­tratégico é fundamental, porém, também, consigo ver que cada concorrente se especializa para melhorar sempre nas negociações. Ser diferente e focado realmente no cliente é uma necessidade de qualquer organização deveria buscar.
As vendas hoje, em sua maioria são realizadas a fim de atingir simplesmente objetivos e metas da empresa sem focar de modo corretos o cliente. Perde-se a essência que é necessária e esquecemos, ou mesmo às vezes somos obrigados a esquecer, que o cliente esta, a cada dia, mais exigente e ele tem razão para isto.
Na verdade o mercado atual nos mostra que somos nós que precisamos nos adaptar às necessidades do novo cliente e não o inverso. Mesmo sabendo dis­to até entregamos o que vendemos dificilmente se investe na manutenção do cliente após esta venda. Pela necessidade de atingir cada vez mais os objetivos e metas audaciosas traçadas com custo sempre reduzido temos uma forte tendência de esquecermos de que tais reduções podem ocasionar em um atendimento deficitário no momento em que o cliente necessitar de um atendimento diferenciado. Isto pode tra­zer transtornos futuros e gastos caso queira reconquistar os clientes. O fato aqui é que o custo de reconquistá-lo sempre é inúmeras vezes maiores do que mantê-lo.
Perder cliente por falta de atendimento adequado depois da realização da ven­da, na atualidade, é fato. Certamente, se conseguirmos ter a visão global de todo o processo continuaremos despertando muito bem o interesse de compra de nosso cliente, estaremos sempre negociando com eles, vende­remos e até entregaremos, mas não somente isto, todavia com esta visão estaremos dando a atenção devida após a venda deixando-os satisfeitos, criando parceiros e acima de tudo sendo indicado por eles para outros futuros clientes satisfeitos.
O que deve ficar claro em tudo isto é que um cliente satisfeito com nossa empresa fará a diferença hoje, amanhã e sempre.

flávio guimarães é diretor da Guimarães Consultoria e Treinamento Empresarial, administrador de empresas, especialista em empresas públicas e privadas e pós graduado em Gestão Estratégica de Negócios.
e-mail: [email protected]

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email