O elo entre autoestima e realização

Semana passada escrevi sobre autoestima e recebi muitos comentários positivos sobre o artigo, reforçando o quanto estavam precisando, agradecendo a abordagem, registrando que neste tempo em que vivemos é muito importante manter a fé e a esperança, inclusive em si mesmo para continuar avançando.

Fiquei muito feliz pelos contatos e certa de que por mais que não consigamos perceber sempre, cada passo nosso representa a possibilidade de contribuir e somar com a vida de alguém. Como sou feliz em poder cumprir minha missão!

Gostaria de seguir neste tema, mas explorando os aspectos práticos de como estabelecer metas pode elevar sua autoestima. Isto mesmo, ter objetivos claros são fonte para aumentar sua autoconfiança e consequentemente seu autoamor. UAU!!! Como isto acontece?

Busque conquistas acreditando em suas habilidades e nas possibilidades de aprender o que ainda não sabe, através do estabelecimento de metas para sua vida, e visualize-se atingindo seus objetivos em cada aspecto da sua vida para sentir a emoção e o prazer de realizar o que se propõe. Este caminho levará você ao crescimento e amor-próprio porque:

– Meta desafia você a vencer padrões de dificuldades, fracassos, medos, limitações e outros. É a maneira de estimular você para frente, para cima, para além.

– Permite que você seja mais tolerante em relação a falhas porque entenderá que o caminho de realização tem muitas dificuldades e erros que levarão ao aprendizado e consequentemente a realizações.

– Dá a você a confiança para estabelecer metas cada vez mais ousadas ao pensar no ciclo, sonhar, planejar e executar para continuar sonhando mais alto, planejando melhor e agindo com mais foco.

– Faz ver a vida como parte de um processo, ou seja, atingir uma meta não irá tornar a vida perfeita, mas pode ir gradativamente tornando-a melhor.

– Permite que você continue seu desenvolvimento, amando quem é e amando a possibilidade de sempre crescer.

– O atingimento de uma meta pode lhe trazer uma nova conscientização do que você mais quer e não perder energia com o que não faz sentido para sua vida.

– Faz disparar sua autoestima porque pode levá-lo aonde quer chegar e não passar a vida vagando sem usar os dons e talentos, que já estão em você, em busca de objetivos concretos para serem usados, e em busca de comprometer-se com aquilo que realmente deseja.

Esse olhar do quanto as metas são poderosas para mobilizá-lo, não somente para um estilo de vida que você deseja, mas um percurso que ajuda a descobrir suas potencialidades, trabalhar o desenvolvimento de suas fragilidades na direção de apaixonar-se por quem você é, e por quem você pode se tornar, com foco, coragem, ousadia e determinação de criar uma estratégia, organizar um planejamento e executar.

Exatamente, a meta é fruto de um grande sonho que se não for avaliado como um objetivo que precisa de estratégias de realização, nunca passará de um desejo. Uma vez estabelecida a estratégia para alcançá-la, é importante pensar nos passos ordenados de realização, um planejamento onde consiga medir gradativamente se tem seguido no caminho correto, e consiga ajustar a rota diante das dificuldades inesperadas será o seu mapa da trilha.  Sem a atitude de colocar em ação, o resultado não vem. Suas estratégias e planejamento mostrarão o caminho a percorrer, mas são os seus passos, o seu caminhar, que farão você chegar.

Imagine-se então sendo capaz de realizar estas etapas (estratégia, planejamento e ação), passe a ter pensamentos que fortaleçam seus sentimentos de que é possível realizar este objetivo. Esta visualização e pensamento são fontes de energia que encherão seu coração de identidade, capacidade e merecimento necessários para crescer exponencialmente sua autoestima. Experimente!

De modo geral, tem muita coisa que podemos fazer para elevar nossa autoestima, dentre elas podemos experimentar ainda:

1 – Seja seu melhor amigo e incentive-se sem a expectativa de ser perfeito, mas dando a chance de desenvolver-se. Ser seu melhor amigo é a certeza de que outras pessoas também amarão quem você é.

2 – Escolha algo que goste de fazer e programe tempo para priorizar as atividades que façam diferença em sua vida. Muitas vezes somos ocupados demais para tudo, menos para focar no que realmente nos faz feliz.

3 – Abra mão da dor, da raiva, da culpa do passado. Livre-se de tudo o que amarra você em lembranças negativas, escolha perdoar você, seus pais e todas as pessoas ou circunstâncias que fizeram você sofrer. Amar a si, é decidir avançar.

4 – Tenha conversas boas consigo, usando afirmações positivas que canalizam energias fortalecedoras em você. Um diálogo interno positivo mobiliza o que existe de melhor em você e será o papo bom que alimentará seu coração de ações positivas.

5 – Amar-se significa encarar de frente também o que precisa mudar e você é livre para crescer, para escolher novos caminhos e ser feliz. Não tem problema encarar o espelho e perceber suas “imperfeições externas e internas”, afinal, ninguém é perfeito mesmo. Podemos continuar aprendendo, crescendo, evoluindo.

6 – Aprenda a amar as imperfeições também de outras pessoas. Quando temos autoestima não cobramos que todos os outros nos satisfaçam, pois somos inteiros em nós mesmos.

Se existe um elo entre resultado e atitude, ele se chama “autoestima”. Afinal, não conseguiremos resultados se não acreditarmos ser capazes de realizar, e jamais teremos ações se nos acharmos incapazes de fazer. Todo este movimento de realizAÇÃO nasce do amor por você.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email