Este artigo de hoje é uma “brincadeira séria” com algumas palavras que iniciam com D para pensarmos: O que mesmo o líder precisar lidar? Afinal todo líder LiDera. E o que é o Dera? Dera vem do verbo dar. O mesmo que: oferecera, trocara, gerara, promovera, comunicara. Neste sentido, “dar” é oferecer alguma coisa a alguém sem pedir nada em troca; ofertar como presente ou retribuição.

A expectativa é que todo líder pudesse dar exemplos positivos e estes fossem inspiradoras referências para todos ao seu redor. A intenção positiva é que todo líder oferecesse exemplos bons para que fossem seguidos pelos que buscam uma forma favorável de ser lembrado. A vontade intensa é que todo líder gerasse um legado. Quem me dera se todos os gestores fossem líderes, vivessem sua melhor versão, e ofertassem suas fragilidades com transparência e sinceridade para evoluir e crescer sempre.

Vamos ver 4 “Ds” que possam dar boas lições de como ser líder:

Direção – Reconhecer e entender que é importante seguir um caminho claro a ponto de não se incomodar com tantas outras opções e realmente empenhar-se em ser o melhor líder que pode ser na direção de resultados e relacionamentos. 

Senso de Direção proporciona uma melhor visualização sobre a análise de cenário, clareza sobre estabelecer passos conscientes, planos de obstáculos para ter uma rota alternativa sem sair do caminho.

Disciplina – Ser líder requer disciplina, pois mesmo em dias que se está desmotivado, precisamos continuar fazendo o que precisa ser feito. Um bom reforçador da disciplina é ter um roteiro direcionado para focar no que importa e não ser submergido no que não faz diferença ou nas muitas distrações do dia a dia. 

Com disciplina é possível manter a cadência de relacionamentos e de tarefas, dando importância para o que precisa ser feito, mas também como deve ser feito, além de com quem deve ser feito, para que a interdependência continue, e a jornada individual para a contribuição coletiva não saia sem a devida importância e valorização.

Determinação – Primeiro pense nos motivos pelos quais vale mesmo liderar com afinco e responsabilidade. Depois avalie quais são as demandas de ação para fazer o que precisa ser feito, mesmo diante das dificuldades e obstáculos e perceba se é significativo o suficiente para merecer o seu esforço. Sem ser relevante para você, nunca terá determinação suficiente para alcançar um alto grau de realização. Seu dar ficará sempre pairando sobre a frase de Vergílio Ferreira “Por que é que dizes quem me dera ser feliz e não dizes quem me dera ser medíocre? Porque dirias a mesma coisa. E o que provas ao dizê-lo é só que afinal já o eras.”

A determinação nunca será sobre o quanto você ganha, sobre que preço custa, mas sempre sobre o valor que tem. Nada tem mais valor do que seguir a sua missão e o liderar não for compreendido como um cumprimento de propósito, absolutamente nada que eu fale sobre determinação irá para ação.

Afinal, por definição o comportamento determinado predispõe metas claras e definidas com uma convicção plena que irá alcançá-las. A pessoa determinada possui uma vontade inquebrável de atingir seus objetivos e tira sua motivação dessa fonte inesgotável de energia.

Diversão – Se é para oferecer, ofertar, entregar, dar o melhor de você na lida com as situações do dia a dia na prática da sua liderança, é preciso que seja genuíno, ou seja, verdadeiro, sincero, por tanto, pode ser muito divertido, afinal, não é obrigatório, não é um sacrifício. 

Muitos gestores não conseguem ser líderes porque parece que todo este caminho de lidar com pessoas e processos de maneira servidora é um grande suplício, sofrimento, penitência. Tem uns que vejo em seus olhos o aborrecimento e a irritabilidade, e me compadeço por sua dificuldade.

Eu particularmente entendo os inúmeros obstáculos e a grande mão-de-obra que envolve, mas em nenhum momento vejo como renúncia ou privação, e talvez por isso me motivo e me inspiro em continuar persistindo em técnicas, métodos e ferramentas.

Neste caminho de eterno aprendizado que me deixa feliz, se também te deixa feliz, aproveite para rir bastante, se alegrar com cada problema para resolver, com cada obstáculo para superar, para reinventar-se com os desafios, com as diversas possibilidades para liderar, e que nós nunca percamos a alegria de servir!

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email