17 de agosto de 2022
Prancheta 2@3x (1)

O Brasil precisa mudar: excesso de distrações

Nosso país precisa mudar, pois é palco de distrações nefastas que estão promovendo interesses privados, às custas do suor brasileiro.

Distrair vem do Latim Distrahere e pode significar: entreter em atividades prazerosas, desviar a atenção de, atrair, separar, fazer alguém esquecer de problemas <https://bit.ly/3II5Xen>.

Quanto à distração sadia, prazerosa, ela está prevista na CF, como por exemplo, o direito ao lazer assegurando pelos Art. 6o e § 3º do Art. 217, porém o Estado tem falhado em promovê-lo no Esporte, na Cultura, na Educação, no Meio Ambiente, não sendo difícil perceber em bairros urbanos, a enorme carência de opções gratuitas e adequadas para a população se distrair sadiamente.

Para complicar, a maioria dos brasileiros, sem perceber, tem sido vítima de controle social, sendo constantemente manipulada com avalanches de distrações malignas que escondem problemas graves, anestesiam a mente, mantendo-a ocupada com temas menos relevantes, evitando que reflita, que pense e questione as autoridades vigentes. E abaixo há o perfil de distrações que considero as mais nefastas ao povo brasileiro:

1) Jogos: Copa das Copas em 2014 e Olimpíadas do RJ-2016

Objetivo: desviar a atenção da população em relação: 

a) as pedaladas fiscais, à profunda recessão, ao aumento do rombo público, aos contingenciamentos com cortes bilionários na Saúde, Educação <https://bit.ly/3IKBdtl>, ao surto de Zika; b) aos casos gravíssimos de desvio de dinheiro envolvendo principalmente lideranças do PT, MDB, PP <https://bit.ly/3DgPnB1>, a partir de caixa 2, obras superfaturadas <https://bit.ly/3tITEtT e http://glo.bo/36vQzVn>, corrompidas <https://bit.ly/36T4G6O>, sem viabilidade <https://bit.ly/3DiaPWs> que se transformaram em elefantes brancos <https://bit.ly/3No45Lv>, deixando um rastro de prejuízos  <https://bit.ly/37UV0t6 e https://bit.ly/3IMMXLV> que levarão décadas para nosso suor pagar.

Para refletir sobre a Arena da Amazônia sabias: que o valor oficial dessa construção saltou de R$ 499,5 milhões para cerca de R$ 669,5 milhões (+34%)? antes da sepultura da Lava Jato, a obra foi citada em delação de executivo da Odebrecht <http://glo.bo/3JQRNZU e https://bit.ly/3wJa7jD>? que ela e outros estádios têm irregularidades e são deficitários <https://bit.ly/3JR3sHS http://glo.bo/3wG2NFH https://bit.ly/36T4G6O e https://bit.ly/3JPs2J8>? d) só com manutenção, pagamos cerca de um milhão de reais/mês? Além da manutenção mensal, o contribuinte deverá pagar por mais de 20 anos as dívidas milionárias assumidas pelo governo do Amazonas junto aos bancos para construir a Arena? que não há transparência dos órgãos públicos sobre o assunto, de modo que o cidadão tenha fácil acesso a todos os detalhes do projeto, dos contratos, dos inúmeros aditivos, dos custos, dos empréstimos e pagamentos mensais efetivados desde quando a Copa foi anunciada; que os caciques políticos que defenderam ativamente a construção dos elefantes brancos, especialmente os delatados, seguem impunes e se bobear serão eleitos novamente em 2022?

2) Atentado: a “facada” em Jair Messias Bolsonaro

Objetivo: ganhar a eleição de 2018

O que aconteceu antes, durante e depois do 6/9/2018 continua sem respostas, com fortes indícios de que esse evento foi muito bem forjado pela turma do capitão. E pelo andar da carruagem, podem anotar, a tropa vai resgatá-la nas eleições de 2022.

Tendo em vista o histórico <https://bit.ly/3qECqvS> de indisciplina, ameaças <https://bit.ly/3uTSCef>, confusão, envolvimento com milicianos e forte uso de fake news <https://bit.ly/3d7mieL>, somado ao fato de que em nosso país há vários registros de forjamento de atentados envolvendo militares, a distração da facada arrancou da mente da população a oportunidade de refletir e discutir sobre os reais problemas do país, beneficiou o mito, o ajudou a fazer a cirurgia que tanto necessitava para tratar de problemas graves de saúde, o tirou dos debates, deu a ele publicidade diária, fez indecisos caíram na arapuca, bem como contribuiu para ir ao 2o turno e ser eleito, algo que Maquiavel ficaria com inveja.

Não sou fã de teorias da conspiração e para refletir racionalmente sobre a “facada”, recomendo esses  documentários do canal True Or Not <https://bit.ly/3tLwGlV; https://bit.ly/3DhsFJh>, organizados de forma profissional e que lançam questões inteligentes, tais como: 

1) necessidade de cirurgia: por que o mito escondeu da população que tinha problemas graves de saúde na região da barriga e que demandava tratamento urgente?

2) a melhor data: por que 6/9/2018? um dia antes do feriadão da Independência Nacional, data que conclama ao patriotismo e é efusivamente comemorada pelos militares;

3) O melhor local: porque Juiz de Fora, cidade de MG? o Estado é o 3o maior colégio eleitoral do Brasil e naquela época o Datafolha apontava desvantagem dele em relação ao melhor concorrente (23% de diferença: http://glo.bo/35joiAJ). Além disso, naquela região há forte presença de militares e ela foi palco do início do golpe de 1964 sob o comando do General Olímpio Mourão <https://bit.ly/3IKMR7d>;

4) ato e condição inseguros: para um capitão que vivia usando colete à prova de balas em locais públicos, por que no dia da facada não o usou o EPI? Pelo contrário, se expôs na multidão, abrindo o peitoral e dando sinal na hora da facada. Por que o nome do Adélio é chamado momentos antes, com direito à sinalização e orientação “dá uma viradinha e pontua”?

5) proteção ao agressor: bem no meio de bolsonaristas agressivos, porque Adélio saiu ileso, recebeu rápida proteção dos guarda-costas e de advogados?

6) promoção dos protetores: atualmente, onde estão os policiais militares e da PF que no dia da facada deram escolta para o Mito? Por exemplo, Ramagem só ascendeu, foi indicado para chefiar a ABIN e tem assumido cargos de alto escalão no atual governo.

Enfim, são dezenas de perguntas não respondidas que podem ser acessadas também nesse vídeo <https://bit.ly/2F1tBar>.

Além disso, o atual governo se mostra especialista em caos planejado como forma de governar <https://bit.ly/3IRXZ2i>, a fim de aprovar boiadas no Congresso, esconder as irregularidades, a má gestão, bem como ganhar tempo para afundar investigações envolvendo o clã do Mito e seus aliados, bastando lembrar as narrativas envolvendo apologia à ditadura, golden shower, doutrinação nas escolas, ameaça de invasão na Amazônia, aborto, soltura do Lula, voto impresso, desfile de tanques, ataques a imprensa, às instituições, a OMS, ao uso de máscaras, vacinação, defesa de cloroquina, ivermectina, motociatas caras <R$ 5 milhões https://bit.ly/3uBd1nZ>, passeios de jetsky, viagem a Israel, Rússia, etc.

Finalmente, somos treinados para resolver problemas no mundo do trabalho, porém despreparados para evitar ser vítima de distrações que beneficiam interesses privados e/ou políticos. Então, para evitar a continuação do caos, com excesso de cortinas de fumaças, em 2022, o Brasil precisa mudar, tentar algo bem diferente de tudo que já foi escolhido.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Anúncio

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Siga-nos

Notícias Recentes

JC Play

Podcast

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email