Durante reunião entre o superintendente da Suframa, Algacir Polsin, e representantes da planta fabril da Sony Brasil na Zona Franca de Manaus, foi confirmada a informação de que a empresa, por questões estratégicas de mercado, pretende encerrar suas atividades industriais no Brasil após quase meio século de atuação, sendo 48 anos de produção do Polo Industrial de Manaus. A Suframa lamenta a confirmação da notícia e respeita a decisão empresarial, devido à política de reposicionamento no mercado global informada pela multinacioal. A autarquia informou à empresa que continuará aberta para futuros contatos com a empresa para uma eventual retomada das atividades no país. Na realidade trata-se de uma decisão estratégica da gigante japonesa, que também está fechando outras unidades ao redor do mundo. Atualmente a planta instalada na capital amazonense gera pouco mais de 200 empregos. Os funcionários já foram avisados de que só estarão empregados até março de 2021.

DEFINIÇÕES

Na reta final das definições em relação à campanha para a Prefeitura de Manaus, o candidato do Republicanos, deputado federal Capitão Alberto Neto, anunciou ontem o empresário Orsine Oliveira Junior como seu vice. Também ganhou o apoio do PTB. O MDB do senador Eduardo Braga divulgou nota confirmando o apoio ao ex-governador Amazonino Mendes e o PV anunciou que vai marchar com David Almeida (Avante).

EXPECTATIVA

Para hoje, último dia de prazo para a realização das Convenções, restou a expectativa em torno do nome que ocupará a vaga de vice na chapa do favorito até aqui nas pesquisas, Amazonino Mendes. Também aguarda-se a definição do atual prefeito, Arthur Virgílio Neto (PSDB), que já anunciou a intenção de apoiar o ex-prefeito Alfredo Nascimento (PL), mas até ontem não oficializou a intenção.

DOENTE

O deputado estadual Josué Neto (PRTB) é a maior incógnita desta reta final. Não fechou aliança com ninguém, seu partido não tem uma inserção sequer na TV, nem fundo eleitoral à disposição. Para completar, teve uma recaída da Covid-19, que havia contraído em julho e está isolado em casa. A aposta do meio político é que desista de disputar a Prefeitura.

REAJUSTE

Por solicitação da Comissão de Defesa do Consumidor, a Assembleia Legislativa do Amazonas realizará audiência pública para discutir a proposta de reajuste médio de 8,5% na tarifa de energia elétrica do Estado do Amazonas. O evento contará com a participação da direção da Amazonas Energia, que deverá explicar e justificar o pleito enviado à Agência Nacional de Energia Elétrica aos parlamentares. A Audiência Pública será realizada às 11h, no plenário Ruy Araújo. O pleito da concessionária estará sob consulta pública no site da Aneel até o dia 19 de outubro.

NO TOPO

Pela terceira vez consecutiva, a capital amazonense é destaque na qualidade de dados relativos à pandemia do novo coronavírus. Depois da liderança no Índice de Transparência da Covid-19, duas vezes no mês de agosto deste ano, a cidade manteve a pontuação máxima (100 pontos), em levantamento divulgado no dia 11 de setembro pela Open Knowledge Brasil.

TESTAGEM

Até a última sexta-feira (11), a Secretaria de Estado de Educação e Desporto e a Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas testaram 6.626 profissionais da rede pública estadual de ensino que atuam no Ensino Médio, em Manaus. Deste número, 1.976 apresentavam detecção de anticorpos (30% de positividade).

AVANÇO

O Conselho Nacional de Política Fazendária autorizou o governo do Estado, através do convênio Confaz ICMS 79/20, a dispensa e redução juros, multas e demais acréscimos legais, mediante quitação ou parcelamento de débitos fiscais relacionados com o ICMS.  Para o deputado Serafim Corrêa (PSB) a medida, publicada no Diário Oficial da União no dia 3 de setembro, dá fôlego às empresas que passam por dificuldades por conta dos efeitos devastadores da pandemia.

CONSULTA

Professores, gestores, técnicos, estudantes de licenciatura, sociedade civil, e demais profissionais da educação podem participar da Consulta Pública da Versão Preliminar do Currículo Amazonense – Etapa Ensino Médio, que começou ontem. O documento tem por objetivo possibilitar a contribuição da sociedade civil e comunidade escolar na construção coletiva do Currículo Amazonense – Ensino Médio, permitindo que este atenda às expectativas e às necessidades da região Norte, considerando as especificidades que permeiam a população amazônida.

FRASES

“Quem não conhece e quem não tem um aparelho fabricado pela Sony no Estado do Amazonas?.” Adjuto Afonso (PDT), deputado estadual, homenageando a empresa, no anúncio de fechamento de sua fábrica em Manaus

“É mais um alerta para que estejamos atentos na defesa da Zona Franca.” José Ricardo (PT), deputado federal, sobre o fechamento da Sony

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email