24 de fevereiro de 2021

Números da batalha contra o vírus

Os números indicam que o combate à Covid-19 no Amazonas ainda é intensa e deve continuar por um bom tempo. Até o momento, 526 pacientes já foram removidos para tratamento em outros estados brasileiros, sendo 518 diagnosticados com Covid-19. Destes, 169 já retornaram curados. Na capital, a situação do oxigênio está próxima de ser regularizada. Governo Federal e estadual já instalaram, ao todo, 22 usinas e miniusinas nas unidades de saúde de Manaus e do interior, reduzindo a dependência externa do produto e possibilitando a abertura de mais 183 leitos em Manaus. A meta do Ministério da Saúde é chegar a 69 equipamentos instalados. Dos 183 leitos abertos exclusivamente para o tratamento de Covid-19 em Manaus, 103 estão no Hospital Nilton Lins, sendo 81 clínicos e 22 de Unidade de Terapia Intensiva. Na enfermaria de campanha do Hospital Delphina Aziz, são mais 57 leitos clínicos. Até esta terça-feira (09), 23 novos leitos de UTIs serão abertos no Hospital e Pronto-Socorro Platão Araújo.

AUMENTO

O Instituto Estadual de Defesa do Consumidor pediu explicações sobre o aumento dos preços das gasolinas comum e aditivada a três distribuidoras de petróleo no Amazonas. As notificações foram emitidas após recomendações da Defensoria Pública do Estado e do Ministério Público do Estado. As empresas terão cinco dias corridos para apresentar justificativa junto ao órgão. 

REAÇÃO

O ex-prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto (PSDB), lamentou ontem a rede de falsas notícias que tem sido espalhada nas redes sociais, levando informações deturpadas à população sobre sua gestão na Prefeitura de Manaus. Ontem ele veio a público explicar a Parceria Público-Privada firmada no final do seu mandato para fornecimento de energia solar ao município, um dos alvos preferenciais de seus adversários nos últimos dias.

SEM PAGAMENTO

“Não pagamos um centavo pra ninguém e a ideia é que, de fato, não se pague. Não se trata de contrato de fornecimento e sim de uma parceria público-privada, onde a prefeitura entra com a cessão de áreas públicas para que a empresa vencedora da licitação monte fazendas de energia solar. Parte da energia gerada será vendida ao município com desconto, ou seja, em vez de pagar para Amazonas Energia passa a se pagar pela energia solar e com um desconto de 10% ao longo da concessão”, explicou Virgílio.

CREDENCIAMENTO

produtores
Foto: Divulgação

O Governo do Amazonas abriu ontem o credenciamento para os produtores rurais e moveleiros participarem dos programas de Regionalização da Merenda Escolar e do Mobiliário Escolar, realizados por meio da Agência de Desenvolvimento Sustentável, em parceria com a Secretaria de Educação e Desporto. Os editais poderão ser acessados pelo link: http://www.ads.am.gov.br/acesso-a-informacao/. O prazo para credenciamento vai até o dia 8 de março de 2021.

NOVIDADE

A novidade neste ano está na nova modalidade de inscrição, que agora poderá ser feita pelo e-mail [email protected], para os que tiverem interesse em oferecer merenda escolar para o Preme; e pelo email [email protected], aos interessados em participar do Promove. A inscrição será considerada como protocolada, inclusive para fins recursais, após a confirmação de recebimento pela Comissão Interna de Licitação.

TESTAGEM

Com a ampliação da vacinação contra o novo coronavírus para os trabalhadores da saúde que atuam nas Fundações, a Fundação Hospitalar de Hematologia e Hemoterapia do Amazonas começou a coletar, desde a semana passada, amostras de sangue dos próprios funcionários. A ação marca a primeira etapa do projeto de pesquisa intitulado “Análise da Resposta Imune e Eficácia da Vacina Contra a Covid-19 em profissionais da saúde da Fundação Hemoam”.

CASTANHEIROS

castanha
Foto: Divulgação

Castanheiros e também uma agroindústria de Tapauá (distante 449 quilômetros de Manaus), que recebem apoio com políticas públicas e assistência técnica da Secretaria de Estado de Produção Rural e do Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Amazonas, receberam ontem o repasse de microcrédito no valor de R$ 1.028.928,00 do Governo do Amazonas, por meio da Agência de Fomento do Estado do Amazonas.

ABUFARI

O crédito está sendo repassado a 13 castanheiros situados na região de Abufari, assim como à Agroindústria Abufari. Outros 22 castanheiros já entraram com documentação que os habilita a também receber o benefício. Em pleno período de pandemia provocada pelo novo coronavírus, o município de Tapauá reforçou sua imagem como um dos maiores produtores de castanha-do-brasil, a partir do início das atividades da empresa Abufari Coleta e Beneficiamento de Produtos Florestais Ltda., em agosto de 2020.

FRASES

“É preciso encontrar uma solução para que os comerciantes possam voltar ao trabalho de forma consciente, sem deixar a preocupação com a proliferação do vírus de lado.” Roberto Cidade (PV), presidente da Assembleia Legislativa do Amazonas

“Tentam desconstruir um trabalho nunca antes feito na capital amazonense.” Arthur Virgílio Neto (PSDB), ex-prefeito de Manaus, sobre os ataques que tem recebido

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email