22 de abril de 2021

Novos vereadores prometem atuação independente

A CMM (Câmara Municipal de Manaus) contará com 23 novos vereadores que assumirão o cargo a partir de janeiro. São estreantes na política que prometem uma nova forma de atuação parlamentar, fundamentada principalmente na moralidade, na transparência da aplicação dos recursos públicos, um combate mais efetivo à corrupção e na cobrança ao prefeito eleito das medidas de interesse da população.

O deputado estadual David Almeida (Avante), que derrotou o cacique Amazonino Mendes nas urnas (Podemos) com menos de 2 pontos percentuais, terá pela frente um Parlamento praticamente renovado.  

A constatação é feita com base no resultado das últimas eleições municipais. A próxima legislatura terá uma renovação de 56% de seus membros na capital – mais da metade do que se previa antes da realização do último pleito.

Cansado de promessas não cumpridas e cético com os inúmeros escândalos envolvendo lideranças que representam a velha política, o eleitorado manauara decidiu, desta vez, virar o jogo e apostar alto ao confiar o seu voto a esses novos políticos, compostos em sua maioria pela juventude na política. Portanto, é muito grande a expectativa sobre a atuação dos estreantes na política em Manaus. 

Juventude

Amom Mendel foi o vereador eleito mais jovem para próxima legislatura

Dentre esses novos políticos emergentes, está Amon Mandel Filho (Podemos), o mais jovem vereador eleito em Manaus. Com apenas 19 anos, ele chega à Câmara de Vereadores com uma votação surpreendente – levou 7,5 mil votos, derrotando velhos políticos que tentavam a reeleição.

Amon é neto do atual presidente do TJAM (Tribunal de Justiça do Amazonas), Domingos Jorge Chalub. Tem um discurso envolvente, maduro e bem construído. E conta que decidiu se candidatar às eleições por sentir falta de representatividade em pautas da juventude.

“Não estávamos sendo representados. Não falo em idade. A idade é apenas um número. O fato de não ter outro vereador jovem na Câmara não diz tanto, mas nenhum dos vereadores abordavam tanto as pautas da juventude. Identificando essa pauta, sugeri meu nome”, ressalta Amon.

Ele disse que a composição de seu gabinete terá um perfil democrático. E que as vagas só serão preenchidas por processo seletivo. “Nada de nepotismo. A hora é de mudanças em todas as atuações políticas. É isso que defendo em termos de moralidade”, salienta o novo vereador.

Amon afirma ainda que a juventude e a tecnologia vão ser prioridades durante o mandato de quatro anos na CMM.

“Pretendo fazer uma legislatura para estabelecer incentivos às empresas de tecnologia, porque ao estabelecer esses incentivos é possível gerar a contratação de jovens e pensar no futuro dessas pessoas”, disse.

Família

Yomara Lins é de uma tradicional família com atuação na política amazonense

Eleita com 4.278 votos, Yomara Lins (PTB) tem como principais bandeiras a família, a saúde, a reestruturação da Guarda Municipal, o transporte coletivo, a educação. E defende mais incentivo ao esporte, uma forma de possibilitar aos jovens ocupação saudável e que não acabem sendo cooptados por traficantes e pelo crime organizado.

Originária de uma militância evangélica por mais de 20 anos como pastora, Yomara diz que seu trabalho para chegar até a Câmara foi de ‘formiguinha’. Ela promete cobrar do prefeito as demandas da população.

“Agora, terei uma atuação parlamentar como vereadora, independente de crença religiosa, mas esse trabalho na igreja me permitiu conhecer as principais necessidades das comunidades em Manaus”, ressalta.

E pretende trabalhar bastante, caminhar junto com o prefeito, que busca estar bem focado com as comunidades, segundo ela. “Sou da base do governo e defendo essas propostas”, acrescenta.

Yomara promete um olhar mais diferenciado para as mulheres. “Queremos levar cursos profissionalizantes para essas comunidades, dando mais oportunidades de emprego e renda à mulher”, afirma.

Princípios

Raiff Matos pretende levar bandeiras cristãs para a Câmara Municipal de Manaus

Raiff Matos, eleito com 4.621 votos pelo DC, diz que suas bandeiras são os princípios cristãos, o resgate da família tradicional, fundamentado no caráter. “Temos alguns projetos que terão como referência o trabalho do vereador Chico Preto que é do meu partido e estava na disputa majoritária ao meu lado nesta eleição”, afirmou. “Tudo focado no moralismo, na transparência e numa efetiva prestação de contas ao eleitor que depositou o seu voto em mim”, acrescentou.

Para Raiff Matos, o caráter vale muito mais que o talento. “Sem honra, sem dignidade e moralidade não dá. As pessoas não acreditam nos políticos”, afirma. Ele diz que sua atuação será independente, descaracterizada da velha política assistencialista, que prejudica a população.

“A minha intenção é conscientizar as pessoas para que não aceitem esse assistencialismo. É muito ruim. Em todas as  esferas de administração, os poderes têm a obrigação de levar as políticas públicas para todas as comunidades”, afirma.

Segundo ele, o vereador não depende do prefeito. Ele deve contribuir para viabilizar as ações de interesse da população. “O parlamentar recebe para implementar as medidas que as comunidades reivindicam”, salienta.

Segurança

Capitão Carpê é o único militar eleito no último pleito

Quarto vereador mais votado nas últimas eleições em Manaus, o capitão Carpê (Republicanos) é o único policial militar a fazer parte dos quadros de novos parlamentares da CMM. Ele recebeu quase 8.500 votos.

De origem humilde, Carpê promete ter um olhar mais sensível para grande parte da população manauara que enfrenta, hoje, muitas dificuldades – desempregados, pessoas que trabalham na informalidade, enfim, principalmente o jovem abandonado pelas instituições públicas e que acaba sendo cooptado pelo crime organizado.

Ele promete levar a sua expertise de dez anos como oficial na PM para a atuação parlamentar. “Esse trabalho será um grande referencial na Câmara. Só se sabe o que as pessoas passam, em termos de dificuldades, quem as vivenciou. Eu senti tudo isso na pele. Vivi no dia a dia”, salienta.

O vereador eleito diz que aposta num bom mandato de prefeito eleito David Almeida. “Ele dá mostras de que realmente está compromissado com a população, defendendo propostas aos quais tenho muitas afinidades, como a questão dos esportes”, afirmou. “Posso ser um voto vencido no Parlamento, mas jamais vou calar a minha voz”, disse.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email