Novos tempos, velhos hábitos

Com toda essa situação decorrente da pandemia de covid-19, alguns hábitos, observem, têm voltado a povoar o quotidiano de algumas pessoas, particularmente o meu quotidiano. Eu moro em apartamento, mas na rua de trás há casas, e percebo que os moradores são em sua maioria idosos. Não sei se por esse motivo, mas antigos personagens da minha infância vêm circulando diariamente por lá. Eu explico. Estão de volta o peixeiro; o sucateiro; o cascalheiro; o fruteiro, cada um com seu canto, com sua propaganda peculiar. O cascalheiro, aliás, além do canto traz consigo o triângulo, instrumento musical que dá todo um toque à venda. E quem disse que nos anos 80 não existia delivery?

PEIXEIRO X SUCATEIRO X CASCALHEIRO X FRUTEIRO

É notório que esses quatro substantivos têm em comum o sufixo “-eiro”, mas o que é um sufixo? O sufixo, em relação às palavras primitivas, é o responsável pela criação de outras palavras, as chamadas palavras derivadas. No caso de “pedreiro”, a palavra primitiva é “pedra” e a formação da derivada ocorrerá com o radical da palavra primitiva mais o sufixo. Vejamos. Ex: “pedr+eiro = pedreiro”. Porém, o que o sufixo “-eiro” quer dizer? Ele exprime a ideia de ocupação, ofício. 

DELIVERY

É um anglicismo, um estrangeirismo advindo da língua inglesa, que significa no nosso idioma a tão conhecida, ultimamente, “entrega em domicílio”. Vejam bem, “em domicílio” e não “a domicílio”. Ouve-se ainda bastante a expressão equivocada “entrega a domicílio”, mas, por favor, evitem, pois ela não possui lógica no tocante à regência do verbo “entregar”, afinal quem entrega, entrega algo ou alguém em algum lugar, notem, “em” algum lugar. 

PAZ X CAOS

Temos experimentado tempos difíceis, repletos de perdas, de novos desafios e, certas vezes, é complicado manter a paz interior e não ser envolvido pelo caos que assola os quatro cantos do mundo. Minha sugestão é confiar no Divino; ter fé na providência d’Ele; viver um dia de cada vez e buscar abstrair-se um pouco com algo que faça bem para a alma de vocês. Vamos à definição dos vocábulos acima. “Paz. s. f. 01. ausência de lutas, violências ou perturbações sociais; tranquilidade pública; concórdia, harmonia. 02. ausência de conflitos entre pessoas; bom entendimento. 03. ausência de conflitos íntimos; tranquilidade de alma; sossego”. “Caos. s. m. 02. grande confusão ou desordem”. Constam no dicionário três definições para o substantivo “caos”, porém a que mais se adapta ao contexto é a de número dois. Fica a dica.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email