O ministro da Cultura, Gilberto Gil, o presidente do Iphan (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional), Luiz Fernando de Almeida, e o governador da Bahia, Jacques Wagner, inauguram, nesta sexta-feira, a Casa do Samba de Santo Amaro. O histórico Solar Subaé, casa que foi residência do imperador Dom Pedro 2º, abriga, agora totalmente restaurado, um centro de referência do samba de roda do Recôncavo Baiano. O espaço também será sede da Associação de Sambadores e Sambadeiras, que reúne 90 grupos da região. O samba de roda da Bahia foi reconhecido pela Unesco (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura), em 2005, como Patrimônio da Humanidade. Foi também o primeiro entre as matrizes do samba a ser registrado pelo Iphan como Patrimônio Imaterial do Brasil, em 2004.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email