Norte terá educação financeira

As regiões Norte e Nordeste do país são as mais atingidas pela falta de ações de educação financeira. Apenas 6% de todas as iniciativas no Brasil se destinam a orientar e educar a população destas regiões, os dados são do 1º Mapeamento de Educação Financeira do Brasil promovido pela AEF-BRASIL. Para mudar esse cenário, a Febraban (Federação Brasileira de Bancos) e seus bancos associados vão realizar ações coordenadas de educação financeira para ajudar o brasileiro a lidar melhor com suas finanças, usar o crédito de forma consciente, formar poupança e planejar o futuro financeiro no longo prazo. As ações fazem parte da “Semana Nacional de Educação Financeira”, uma iniciativa do Conef (Comitê Nacional de Educação Financeira).
Dados recentes da Pesquisa Febraban de Tecnologia Bancária também mostram uma expansão da rede de agências no Norte e Nordeste em torno de 7% ao ano, enquanto que o crescimento no resto do país apresentou mediana de 3% em 2013. A maior penetração das agências foi influenciada, principalmente, pelo aumento da bancarização da população, que agora tem mais acesso aos produtos financeiros ofertados pelos bancos.
Ainda nesta semana haverá o lançamento da Plataforma Aberta de acesso aos livros do Programa de Educação Financeira nas Escolas, que poderá ser acessada por professores, escolas e sociedade civil ligada à educação em qualquer região do Brasil. A Plataforma é um dos projetos coordenados pela AEF-Brasil (Associação de Educação Financeira do Brasil) – entidade responsável por executar as ações da Enef (Estratégia Nacional de Educação Financeiras) – e conta com apoio do Itaú Unibanco, da Fundação Itaú Social e dos Institutos Unibanco e Credit Suisse Hedging-Griffo. De acordo com Sílvia Morais, superintendente da AEF-Brasil, um universo de pessoas ligadas à área da educação terá acesso a livros e situações didáticas que permitem desenvolver a capacidade do aluno de analisar críticamente o seu contexto financeiro e do mundo para que tome decisões de forma consciente.

Gincana de educação
A Febraban vai oferecer uma gincana online de educação financeira para incentivar o público a usar melhor o dinheiro. O “QUIZ online Meu Bolso em Dia” ficará disponível de 5 a 8 de maio. “As iniciativas da Febraban e do portal Meu Bolso em Dia foram desenvolvidas para todo o Brasil e também se preocupam em falar com os públicos mais vulneráveis como das regiões Norte e Nordeste”, disse Fábio Moraes, diretor de educação financeira da Febraban.
Os interessados em participar devem ser maiores de 14 anos. A inscrição é gratuita e será feita pelo site www.meubolsoemdia.com.br. Serão cinco etapas na competição online, nas quais os participantes deverão responder a três questões de múltipla escolha que envolvem a educação financeira aplicada a diferentes fases da vida. A ideia é levar o participante a refletir sobre a variação das necessidades financeiras conforme as fases da vida (estudantil, materna ou familiar, por exemplo), muitas vezes trazendo novos desafios no controle do orçamento.
Haverá um vencedor por região do país (Norte, Sul, Nordeste, Sudeste e Centro-oeste), que será premiado com um notebook. A relação dos vencedores será anunciada no dia 9, durante o evento de encerramento da “Semana Nacional de Educação Financeira”, e também divulgada no site MeuBolsoemDia.com.br.

Participação dos bancos associados
A Febraban, como membro do Conef, também incentivou seus bancos associados a contribuírem com a iniciativa. Já confirmaram presença na semana o Banco do Brasil, Banco Bradesco, Banco Santander, Itaú Unibanco e Banco HSBC. As instituições já contribuem com ações de educação financeira, mas vão intensificar as atividades para colaborar com a Semana Nacional de Educação Financeira, oferecendo desde palestras de finanças pessoais para jovens, adultos e empreendedores, até games.
O Banco do Brasil vai distribuir um game para celular que poderá ser baixado gratuitamente nas plataformas Android (Google Play) ou iOS (App Store). Objetivo da ação é aproximar os jovens dos conceitos de finanças pessoais.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email