16 de abril de 2021

No rádio, Dilma se apoia na PNAD

Apoiando-se cada vez menos na imagem de Lula, o programa de hoje, no rádio, da candidata do PT à presidência, baseou-se nos dados da PNAD (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios) para afirmar melhora da vida dos brasileiros graças ao último governo

Apoiando-se cada vez menos na imagem de Lula, o programa de hoje, no rádio, da candidata do PT à presidência, baseou-se nos dados da PNAD (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios) para afirmar melhora da vida dos brasileiros graças ao último governo. Ressaltando o governo de Lula, sem usar a fala do presidente, o programa de Dilma destacou o número de pessoas que saíram da pobreza e o aumento do consumo.
Diferente do último programa da candidata na TV, no sábado, a propaganda da candidata no rádio não mencionou a administração tucana. O programa de José Serra (PSDB) responsabiliza a adversária Dilma Rousseff com os escândalos envolvendo o filho da ex-ministra da Casa Civil, Erenice Guerra. O programa ainda critica a tentativa de Dilma que, em 1995, abriu uma lojinha de R$ 1,99 com produtos comprados no Panamá que acabou fechando. “Isso não indica ninguém pra ser presidente do Brasil”, afirma o apresentador.
Contando com o depoimento de Políbio Braga, ex-secretário da Fazenda de Porto Alegre, que substituiu Dilma no cargo, que diz que “o problema dela não é estrutural, é um problema de má gestão”, Serra compara sua biografia com a da adversária, afirmando-se mais competente.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email