Nível de otimismo do empresariado é o maior desde 2005

O empresário da indústria está mais otimista agora do que no período que antecedeu a crise econômica. É o que indica o Índice de Confiança do Empresário Industrial, divulgado hoje pela CNI (Confederação Nacional da Indústria).
De acordo com a pesquisa, o indicador ficou em 65,9 pontos -em uma escala de 0 a 100 em que números maiores que 50 indicam que o empresário está confiante. O número é o maior desde janeiro de 2005, quando atingiu 66,2 pontos.
Em julho do ano passado, antes da crise econômica, o indicador estava em 58,1 pontos. Em outubro, já sob o efeito da crise, baixou para 52,2 pontos. Neste ano, em julho, mês da última pesquisa, o indicadora havia ficado 7,7 pontos abaixo, em 58,2 pontos.
Em janeiro deste ano, quando teve o pior resultado desde o início da crise, o indicador ficou em 47,4 pontos.
“Os resultados indicam que o empresário está percebendo o fim da crise e aposta em uma recuperação sustentada no futuro”, afirmou, em nota, o gerente-executivo de Pesquisa da CNI, Renato da Fonseca.
Para Fonseca, contribuiu para esse resultado o fato de a produção industrial ainda estar abaixo dos níveis do ano passado e o empresário apostar em uma alta mais rápida a partir de agora.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email