Ninguém governa o Brasil sem a CPMF

Horas antes de a Câmara dos Deputados iniciar a votação da CPMF, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva fez um agrado ao Congresso. Em discurso improvisado no lançamento do PAC Funasa, rasgou elogios ao trabalho de deputados e senadores e deu um claro recado aos críticos da prorrogação do chamado imposto do cheque: segundo Lula, qualquer pessoa “de juízo” sabe que “ninguém” conseguiria governar o Brasil hoje sem a CPMF.
Empolgado, Lula lembrou que está há quatro anos e meio no governo e não faz “uma crítica” ao Congresso. Não é verdade. No ano passado, ele criticou o ritmo de trabalho da Casa. Num evento de campanha com cientistas, disse não saber se o Fundeb seria aprovado até o final do ano, “porque, funcionando três dias por mês o Congresso, acho pouco provável que se vote”.
Em junho do mesmo ano, em Paracambi (RJ), Lula criticou a aprovação, na Câmara, de reajuste a aposentados, ao dizer que a votação “não foi uma coisa séria”. O presidente Lula disse que o Congresso “melhora” as propostas do Executivo.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Siga-nos

Notícias Recentes

JC Play

Podcast

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email