Nicolau pede corpo técnico para a ALE

O deputado Ricardo Nicolau (PR), considerou importante que o Poder Legislativo Estadual fosse dotado de um corpo técnico para dar orientações precisas aos deputados. Explicou que se houvesse uma equipe de engenharia para orientá-los, certamente, o deputado Arthur Bisneto (PSDB) não teria feito um pronunciamento sem precisão em torno da questão da usina de asfalto.
Em seu discurso Bisneto afirmou que havia fatos novos sobre o asunto, pois a usina teria tido a liberação hoje, quando deveria ter sido a meses atrás, o que segundo Nicolau, se tivéssemos aqui um engenheiro dotado de conhecimentos sobre o assunto, ele, talvez, nos informaria até o cronograma da obra também. “O que antecede o asfalto é a terraplenagem, a drenagem, o meio-fio, o desmatamento, além de várias outras atividades para depois vir o asfalto”, disse.
Contudo, afirmou que embora não sejam todos, alguns jornais tendem a criar fatos, a requentar matérias numa repetição dos mesmos fatos e, com isso, incorrem no mesmo erro de, também, não solicitarem um apoio técnico para divulgar um assunto com dados corretos e, assim, levar à população a verdade. Nicolau solicitou ao deputado Belarmino Lins (PMDB), presidente deste Poder que faça uma análise sobre a questão dos técnicos, engenheiros, economistas etc, para, com isso, balizar algumas áreas em que vá se fazer um discurso para que se possa atuar com segurança falando com conhecimento de causa e levar à população um pronunciamento sério e correto.
Belarmino Lins afirmou que a presidência da Casa constituiu um grupo de trabalho para levantar à risca as necessidades básicas e dotar esta Mesa de assessorias de níveis por especialidades para dar suporte a todos os parlamentares.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Siga-nos

Notícias Recentes

JC Play

Podcast

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email