Nice Foods aposta em sorvetes veganos

A Nice Foods, startup paranaense voltada a alimentos sem origem animal, surgiu em 2019 com a ideia de produzir sorvetes veganos. No entanto, um dos ingredientes acabou virando seu produto carro-chefe: um leite à base de castanha de caju, chamado Nice Milk.

Um pote com 450 gramas (R$ 54,90) com essa pasta rende 6,5 litros de leite vegetal na diluição em água, o que dá um preço por litro de R$ 8,45. O produto deu tão certo que o faturamento da empresa cresceu 400% do final de 2020 para o primeiro semestre deste ano.

A startup é uma criação do publicitário Thiago Lorusso, 33 anos, com a bióloga Paola Stier, de 26 anos. Lorusso curiosamente empreendia em um negócio quase o oposto do atual: uma empresa de artigos de couro animal. 

O curioso é que o leite como produto para o público surgiu de um problema de logística. Com a pandemia de Covid-19, os custos de distribuição do sorvete ficaram mais altos. Além disso, um dos sócios do casal desfez a parceria. 

“A maioria das lojas onde vendíamos tiveram que fechar as portas. A incerteza era muito grande”, diz Lorusso. “Tivemos que desenvolver um método para fazer leite de castanha de caju que pudesse ser fácil de armazenar, fácil de preparar e que melhorasse a cremosidade do produto final. Então desenvolvemos o leite vegetal em pasta”, explica.

A Nice Foods espera nos próximos anos ampliar a produção de 1,5 tonelada por mês para 18 toneladas, além de lançar um concentrado de aveia, abrir uma fábrica própria e fazer parcerias com lojistas, cafeterias e restaurantes. As informações são do Canaltech.

Foto/Destaque: Divulgação

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email