Natura tem lucro maior no último trimestre de 2009 e mostra otimismo

A alta de 34,75% no lucro líquido da empresa de cosméticos Natura no último trimestre de 2009 levou a empresa a traçar uma perspectiva otimista para este ano. No acumulado de 2009, o lucro líquido da Natura totalizou R$ 683,9 milhões, o que significa um aumento de 32% sobre o ganho de 2008.

“Apresentamos um crescimento superior à média do setor, o que comprova a aceitação de nossa proposta nos mercados em que atuamos, todos com potencial de expansão”, afirmou a Natura, em relatório ao mercado.
Depois de investir R$ 140,6 milhões em 2009, a companhia tem orçamento de R$ 250 milhões em 2010 concentrados em tecnologia, aumento da rede de distribuição e elevação da capacidade operacional.

Com um forte aporte em marketing em 2009, a companhia destacou a conclusão da implantação de um novo modelo comercial em maio do ano passado – o CNO (Consultora Natura Orientadora) – como um dos fatores responsáveis pelo bom resultado trimestral.
O projeto resultou no crescimento de 19,8% no número de consultores de vendas no Brasil, que totalizaram 1,034 milhão no final de 2009.

“O crescimento econômico esperado para o Brasil nos próximos anos, com os prováveis impactos na melhoria da distribuição de renda e no aumento da participação da mulher na atividade econômica, aponta para a contínua evolução do mercado brasileiro de cosméticos, fragrâncias e produtos de higiene pessoal”, disse a empresa.
A Natura teve lucro líquido de R$ 186,6 milhões de outubro a dezembro, contra R$ 138,6 milhões um ano antes.
A receita líquida trimestral, na mesma base de comparação, avançou 16,3$ e alcançou R$ 1,32 bilhão.

O CPV (custo dos produtos vendidos) diminuiu de 32,4% da receita líquida no último trimestre de 2008 para 31,6% nos três meses finais do ano passado.
As despesas com vendas representaram 33,7% do faturamento líquido no último trimestre, ante 34,2% um ano antes, resultado da melhor gestão das despesas com marketing no período, segundo a empresa.
O Ebitda no quarto trimestre ficou em R$ 304,3 milhões, com margem de 23,1%. Um ano antes, o Ebitda foi de R$ 255,1 milhões, com margem de 22,5%.
A companhia terminou 2009 com um saldo de R$ 500,3 milhões em caixa.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Siga-nos

Notícias Recentes

JC Play

Podcast

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email