Não deixe para valorizar seu emprego quando você o perder!

Falamos muito de conseguir um novo emprego, mas, você está trabalhando da forma correta para manter o emprego que você já tem?

Diante do cenário de mercado atual, com demissões e salários mais baixos, quem está empregado precisa estar ligado em alguns fatores que antes não eram tão importantes.

E mesmo que não seja o emprego dos sonhos, ter um emprego estável já é um sonho, pode acreditar. Na verdade, você começa a se dar conta disso apenas quando está sem um.

Alguns detalhes podem fazer você segurar seu emprego.

Valorize seu emprego

Dar a devida importância e reconhecer o valor do seu emprego é muito importante nesses tempos. Não somente que você valorize, mas também que as pessoas ao seu redor e que seus superiores consigam ver essa valorização que você tem pelo atual emprego. Valorizar não apenas em palavras, mas principalmente em ações. As atitudes falam muito mais do que palavras.

Você consegue valorizar seu emprego, de diversas pequenas formas, que não custam nada e que também não são, e nem podem ser bajulação. Vejamos algumas:

Esteja presente

Em tempos de crise, há demissões e com demissões o quadro diminui. Quem permanece, por muitas vezes precisará ficar além do horário ou até ir trabalhar em dias outrora desnecessários, como o sábado por exemplo. Neste momento, a empresa espera que tão logo você veja a necessidade, você se disponibilize para tal. Não espere que peçam a você, já se prontifique para ficar o tempo que for necessário – e faça esse tempo valer a pena. Apenas ficar, mas não dar o melhor de si por estar após o horário, só vai fazer que você seja visto de forma negativa e não positiva. Não coloque em risco o seu emprego.

Seja o diferencial

Quem permanece também precisará estar apto a aprender e fazer novas atividades. Com menos pessoas e o mesmo trabalho a ser feito, provavelmente será necessário abraçar novas atividades. Pensando bem, para o profissional é bom pois ele agregará mais conhecimentos e experiências para futuras vagas de emprego que possa concorrer e assim, crescer na carreira. Infelizmente, essa situação não é vista dessa forma pelos profissionais, e apenas pelo lado negativo: o de ter mais trabalho. De fato, mais trabalho você terá, mas o mercado consegue avaliar isso de uma forma bem mais positiva. Encare de uma forma positiva e faça acontecer – mesmo que, e principalmente se ninguém pedir. Essa é uma das oportunidades que você terá para se destacar dos demais.

Performe

Entregue! Estar disponível e ter vontade de nada vai adiantar, se você não performar e entregar o que precisa ser feito. Utilizo aqui uma frase que meu pai me falava demais: “Faça o certo corretamente”. Você pode fazer o certo, e mesmo assim não fazer da melhor forma possível. Escolha dar o seu melhor em tudo e assim você terá bons e melhores resultados. Se algo não está sendo suficiente, pesquisa e ache maneiras novas de fazer de outras formas que possam contribuir para uma melhor entrega. O resultado precisa ser satisfatório e positivo para a empresa – e consequentemente para você.

Conheço muitos casos de profissionais que vestiram a camisa da empresa e estavam ali nos piores momentos, e quando os bons momentos chegaram, foram recompensados pela contribuição incansável quando muitos não valorizavam mais a empresa. Posso garantir que isso irá acontecer? Não. Mas, faça a sua parte pois a oportunidade precisa ser abraçada no momento certo. E como dizia Gamaliel: se for de Deus, prospera.

Boa semana!

Fiquem com Deus!

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email