Na reabertura, Polishop reforça importância do omnichannel

Fundada em 1999 e com mais de 300 lojas no país, a Polishop comemora a reabertura gradual do comércio e dos shopping centers em alguns estados.

A empresa sempre se destacou por apresentar um conceito inovador de omnichannel, ou seja, de integração entre lojas físicas e virtuais, de forma que o consumidor não veja a diferença entre o mundo físico e o digital.

A reabertura dos pontos de venda é fundamental para a estratégia da empresa. De acordo com o fundador e presidente da Polishop, João Appolinário, cerca de 80% dos clientes conhecem os produtos pelos meios digitais.

“No entanto, a maioria das compras é efetivada nas lojas físicas, já que a empresa não vende apenas produtos, mas sim experiências”, afirmou Appolinário, durante live promovida pela SMZTO.

“Como nossos produtos são inovadores, na maioria das vezes eles precisam ser testados e validados pelo consumidor. A inovação geralmente traz uma desconfiança quanto aos seus benefícios, que, por sua vez, são testados nas lojas físicas”, completou.

SURPRESA

O presidente da Polishop contou que a empresa foi surpreendida com o fechamento abrupto do comércio e dos shopping centers na segunda quinzena de março, em decorrência da pandemia do novo coronavírus.

“Não tivemos tempo de nos preparar e os primeiros 30 dias foram muito difíceis, já que 65% dos produtos do nosso estoque estavam armazenados nas lojas físicas”, lembrou Appolinário.

As vendas virtuais permaneceram. No entanto, com as lojas fechadas, a experiência de compra priorizada pela empresa passou a não ser mais possível.

“Cada vez mais o papel da loja é como um lugar de demonstração, de experiências, de conhecimento e teste de produtos. O omnichannel, sem a loja física, perde uma peça muito importante”, disse.

NOVO NORMAL

Com a reabertura de shoppings centers em diversos estados, o presidente da Polishop ressaltou que, neste momento, é preciso saber administrar o caixa das lojas e adotar medidas que protejam colaboradores e clientes.

Ele afirma que a empresa não precisou demitir nenhum colaborador, mas que agora será importante entender o “novo normal”.

“Alguns lugares estão reabrindo e o consumo está voltando. As pessoas querem voltar a fazer compras. Isso tudo vai passar. Aproveite esse tempo para evoluir, conhecer melhor o mundo digital e o seu próprio negócio”, concluiu. 

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email