Música e sustentabilidade numa só nota

O cantor Lenine deu início a uma turnê por 12 projetos socioambientais pelo Brasil para encontros com as comunidades, gestores, técnicos e, claro, para fazer o que mais gosta: música. “A arte é um instrumento de aproximação poderoso por uma sociedade mais justa, gosto de acreditar que a minha música vai além do que meramente canto”, explica o músico, que também é botânico autodidata, colecionador de orquídeas (ou “orquidoido”, como prefere) e apoiador engajado de grupos de preservação ambiental.
Os “Encontros Socioambientais com Lenine” percorrem as cinco regiões do país e já passaram pelo projeto “Floresta Sustentável” na Praia do Forte, Bahia e “Orquestra Jovem”, “Tecendo uma Rede de Cidadania” (MG), “Centro de Referência de Esporte Educacional” (RS) e “Mantas do Brasil” (SP). As próximas paradas serão: “Pé de Pincha” e “Bois Vermelho e Azul” (AM), “Caranguejo Uça” e “Projeto Diferentes Talentos” (RJ), “Pesca Solidária” (CE), “Meros” (ES), “Bichos do Pantanal” (MT), “Encauchados” (AC), “Comunidade Produção e Renda” (MA) e “Cerrado Vivo” (GO). Toda essa extensa agenda conta com a parceria e o patrocínio da Petrobras, através do Programa Socioambiental.
Serão dois dias de ações em cada destino. No primeiro dia o cantor visita o projeto anfitrião e no segundo celebra com a comunidade local, conhecendo a história dos vários projetos da região, assim como seus representantes e parceiros locais. O encerramento será com um show gratuito, onde Lenine revisita seu repertório para mostrá-lo ao público de uma maneira intimista, no formato voz e violão. “É a oportunidade de conhecer a canção despida e sem subterfúgios, da maneira como foi concebida”, explica.

Palco ecológico
Cenário é uma criação do designer João Bird -que viveu e trabalhou durante dez anos na Amazônia com organizações como WWF (World Wide Fund for Nature) e FSC (Forest Stewardship Council). A ideia veio da própria estrada que Lenine percorre neste projeto: o palco será um trançado de lonas de caminhão usadas, mangueiras de incêndio com validade vencida, ambas recicladas, além de estruturas de bambu. O espaço vai se transformando ao longo da turnê, sendo carimbado por cada projeto visitado. Com sustentabilidade em cada detalhe, a camisa da turnê foi assinada pela designer Marceli Mazur, que desenvolve um trabalho social em comunidades do Rio de Janeiro, e batizou a peça de “Mãe Terra”.
Robson de Cassia, light designer com formação na escola francesa Scaenica, concebeu o projeto dos encontros com tecnologia ecologicamente correta e inédita num show: a “Waka Waka”, criada por um empreendimento social como solução para famílias que não têm acesso à eletricidade. A organização luta para abolir a pobreza energética em todo o mundo e desenvolveu uma das mais eficientes lâmpadas solares de LED, que provêm cerca de 16 horas de luz após um único dia de sol. Para completar o projeto, entra em cena um outro modelo de iluminação, também abastecida por energia solar, a “N222 Huron”, da Nokero. Como o próprio nome diz: Non Kerosene! Uma alternativa viável para substituir o querosene ou outros combustíveis nocivos que ainda são usados em lampiões nas regiões mais vulneráveis do mundo. Criadas como uma alternativa de alta tecnologia e baixo custo, essas fontes de energia sustentável prometem surpreender no palco.

Campanhas
A primeira tour socioambiental de Lenine tem precedentes. O compositor é colaborador de grupos como o Witness (ao lado do músico e defensor dos direitos humanos Peter Gabriel), Rain Forest Alliance, SOS Mata Atlântica, WWF, Projeto Albatroz Brasil, Orquestra Sinfônica Heliópolis, campanha Ser Diferente é Normal, do Instituto Metasocial, entre outros projetos. Ainda no ginásio, Lenine começou a mergulhar com um colega chamado Cesar Coelho – que se tornaria um dos fundadores do Tamar e aproximaria o músico do projeto de proteção às tartarugas marinhas. “Acom

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email