Municípios melhoram cobertura vacinal contra a Covid-19

Duas semanas após a Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM) e a Fundação de Vigilância em Saúde (FVS-AM) lançarem o plano de ação para melhorar o desempenho da vacinação contra a Covid-19, com foco principalmente para o interior, o número de municípios com cobertura da primeira dose abaixo de 50% caiu de 37 para 24, entre os dias 9 e 23 de abril. Ao mesmo tempo subiu, de 25 para 31, o número de municípios com cobertura de primeira dose entre 50% e 79%.

No mesmo período, o número de doses totais aplicadas no estado saiu de 626.240 para 807.270, avanço de 29%, conforme balanço da FVS-AM divulgado neste sábado (24/04). Avanço maior obteve a vacinação de segunda dose, que subiu 52,6%, saindo de 150.161 para 229.233 doses em duas semanas. Já na primeira dose, o aumento foi de 21,4% no período, saindo de 476.079 para 578.037 doses aplicadas.

O destaque entre os municípios do interior fica para Iranduba que, há duas semanas, ocupava o primeiro lugar no ranking dos que menos vacinavam e agora subiu 11 posições, aparecendo em 12º lugar, embora ainda continue na lista dos que estão abaixo de 50% na cobertura de primeira dose.

Em duas semanas do plano de ação, mais 13 municípios conseguiram ultrapassar 50% de vacinação com primeira dose. Também subiu, de 1 para 7, o número de municípios com cobertura de primeira dose maior que 80%. Além de Manaus, que há duas semanas era o único nessa condição, Urucará, Itamarati, Carauari, Guajará, Fonte Boa e Humaitá já aplicaram mais de 80% da primeira dose em seus grupos prioritários.

Na execução do plano de ação, os 20 municípios com as menores coberturas vacinais passaram a ser acompanhados mais de perto.

As secretarias municipais de saúde são responsáveis pela vacinação em seus territórios. A FVS-AM já faz o monitoramento de rotina, mas, diante das dificuldades apresentadas pelos municípios, vem prestando suporte presencial com as equipes do órgão e da Secretaria Executiva de Atenção Especializada do Interior da SES-AM indo aos municípios, analisando a situação de cada um, verificando quais são as dificuldades e apoiando de forma efetiva para o alcance das metas de vacinação em tempo oportuno.

Desafios do interior

O que mais vem dificultando a operacionalização do plano de vacinação dos municípios do interior são as limitações impostas pela baixa oferta do imunizante e o envio fracionado das remessas pelo Ministério da Saúde.

“Vacinar no interior sempre é um desafio, principalmente para alcançar as comunidades rurais, embora aqui no Amazonas tenhamos expertise para isso. Acontece que a vacinação para a Covid-19 está sendo ainda mais desafiadora, por ser em duas doses e com a entrega fracionada aos estados. Em condições normais, as equipes se programam para seguir nas comunidades, às vezes indo 15 dias de barco para vacinar aquelas populações. Agora, imagina ter que fazer isso várias vezes”, observa o secretário executivo do Interior da SES-AM, Cassio Espírito Santo.

Incentivo à segunda dose

A estratégia de Governo também visa avançar mais rápido na segunda dose na capital e interior. Com o início da vacinação dos primeiros grupos de idosos, que receberam as doses da vacina da AstraZeneca/Fiocruz entre janeiro e fevereiro e que três meses depois já poderão tomar a segunda dose, o desafio dos municípios é avançar nessa fase da campanha.

O Governo do Amazonas lançou nesta semana uma campanha publicitária na mídia para incentivar os grupos prioritários já contemplados com a segunda dose a completarem o esquema de vacinação conforme o calendário de cada município.

A campanha chama atenção sobre a importância da segunda dose para garantir a imunização e evitar a infecção pelo vírus, a internação e o óbito.

FOTO/DESTAQUE: Divulgação/Semsa-Novo Aripuanã

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email