MULTISSETORIAL – Empresas brasileiras expõem no Sudão

A Câmara de Comércio Árabe-Brasileira participará pelo oitavo ano consecutivo da Feira Internacional de Cartum, capital do Sudão, a ser realizada entre os dias 14 e 21 de janeiro. Nesta 30ª edição da mostra multissetorial, o estande do Brasil vai contar com a participação de cinco empresas brasileiras de setores diversos, como alimentos, implementos agrícolas e fabricação de borrachas.
Em busca de oportunidades para novos negócios, partem para o Sudão os representantes das empresas Andrade Gutierrez, Indústria Colombo (implementos agrícolas), Montex (trading), Fanem (equipamentos médico-hospitalares) e NSO Borrachas, que participa da segunda edição consecutiva. Além da feira, o grupo contará com uma programação paralela de visitas a companhias locais e poderá participar de reuniões de negócios específicas de seu interesse com empresários da região.
“O mercado do Sudão tem sido muito receptivo ao Brasil e demonstra muito interesse nos produtos brasileiros. Há uma grande simpatia, mas notamos que os empresários locais ainda não conhecem de fato nossos produtos, criando, para as empresas brasileiras, um cenário extremamente positivo de novos negócios. A Feira de Cartum ainda conta com a presença de outros países do mundo árabe, como Egito e Djibuti, e nações africanas como Quênia, Uganda e Nigéria”, esclareceu o CEO e secretário-geral da Câmara Árabe, Michel Alaby.
Na edição de 2012, o grupo brasileiro participou de encontros com empresários e ministros (Agricultura, Esportes e Petróleo) sudaneses, bem como embaixadores de outras nações árabes, entre outros. Além das empresas que viajarão para a feira, a Câmara Árabe está a cargo de demandas de seus associados e atuará também levantando informações e contatos para seu banco de dados.
As exportações brasileiras para o Sudão somaram US$ 97,2 milhões em 2011 e eram, até então, sustentadas pelo comércio de açúcar, seguido por máquinas agrícolas, cereais, carnes e veículos. Juntos esses cinco produtos atingem 94,5% do que o Brasil enviou para o Sudão na época.
Recentemente, a pauta tornou-se mais diversificada. Ganhou mais espaço o comércio de itens como cereais, carne, leite e produtos mais industrializados, como os farmacêuticos. Já o Brasil é um grande cliente das empresas sudanesas de goma arábica, substância utilizada em vários tipos de indústrias.
O Sudão possui a terceira maior população dos países árabes e importou do mundo em 2011 US$ 6,95 bilhões. Os cinco produtos mais importados foram maquinários, eletrônicos, cereais, veículos, ferro/aço.
O investimento de cada uma das empresas para participar da feira foi de R$ 6 mil e inclui estande decorado, recepcionista bilíngue, transporte diário hotel-feira, reuniões paralelas à feira e todo o suporte da Câmara Árabe. Condições especiais foram oferecidas para associados da instituição. No geral, o evento é uma ótima oportunidade de negócios para os segmentos de infraestrutura, maquinário agrícola, alimentos, produtos elétricos, materiais de construção, produtos médico-hospitalares e cosméticos.
No último ano, participaram empresas como a Baldan Implementos Agrícolas, a KeplerWeber Industrial, a Brazilian Sudanese Agribusiness, a NSO Borrachas, a Diplomata S/A e a BR Foods (BRF). Dessas, três participam pela primeira vez. O estande é resultado de parceria com o Ministério das Relações Exteriores – por intermédio do Departamento de Promoção Comercial e Investimentos – e a Embaixada do Brasil no Sudão. A iniciativa ainda conta com o apoio da Embaixada do Sudão no Brasil
A Câmara de Comércio Árabe-Brasileira representa 22 países árabes, foi fundada em 1952 e tem como missão aproximar comercialmente o Brasil dos países árabes.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Siga-nos

Notícias Recentes

JC Play

Podcast

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email